Stephen King diz que A Torre Negra “pode decepcionar alguns fãs”

Adaptação de A Torre Negra, de Stephen King, estreia em 2017
Adaptação de A Torre Negra, de Stephen King, estreia em 2017

A produção do primeiro filme da série A Torre Negra já está em andamento, com as gravações acontecendo na Cidade do Cabo, na África do Sul.

Mas enquanto os fãs do mundo inteiro estão pirando com a ideia de ver o pistoleiro Roland Deschain (Idris Elba) e seu adversário, o Homem de Preto (Matthew McConaughey), nas telas do cinema, King já avisou que a estrutura do filme “pode decepcionar um pouco alguns dos fãs“, pois o primeiro filme não será uma adaptação do primeiro livro.

O autor da obra original disse, durante a gravação do podcast da EW, que “[o filme] começa meio que em media res, no meio da história em vez do começo (…) o pistoleiro Roland Deschain percorre uma paisagem ao estilo do velho oeste em busca da torre negra, com a esperança de que alcançando-a ele preserve seu mundo moribundo“.

Dirigido por Nikolaj Arcel (O Amante da Rainha), A Torre Negra teve seu roteiro escrito originalmente por Akiva Goldsman e Jeff Pinkner, mas Arcel e Anders Thomas Jensen o estão reescrevendo. Também estão no elenco Abbey Lee (Mad Max), Jackie Earle Haley (Watchmen: O Filme), Claudia Kim (Vingadores: Era de Ultron) e Fran Kranz (O Segredo da Cabana).

A Torre Negra está prevista para estrear no Brasil no dia 16 de fevereiro de 2017, um dia antes da estreia nos cinemas dos Estados Unidos.

Laura Dourado

Jornalista, bailarina, amante irrecuperável de filmes de terror. Assiste todos os tipos possíveis, dispensando só os terríveis found footages.

Um comentário em “Stephen King diz que A Torre Negra “pode decepcionar alguns fãs”

  • 24/05/2016 em 20:32
    Permalink

    Eu acho que eles vão adaptar a HQ. Agora em Hollywood é moda transformar personagens caucasianos em personagens negros (ou afro se preferirem) mas isso pra mim não importa ja que o que conta é o roteiro, as interpretações, etc. Esse lance de trocar a etnia pra mim é o de menos, Sou muito fã de Stephen King mas vou ao cinema para conferir a adaptação com certeza

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *