John Carpenter detona Halloween de Rob Zombie

John Carpenter
Carpenter vai voltar à franquia em breve

John Carpenter não é conhecido por medir palavras. Depois de alfinetar a franquia Sexta-Feira 13, o diretor do primeiro Halloween detonou a versão de Rob Zombie, de 2007, em uma conversa com um grupo de estudantes na New York Film Academy.

“Ele mentiu sobre mim”, afirmou Carpenter sobre uma entrevista que Zombie deu com relação à produção do remake. “Ele disse que eu fui muito frio com ele quando ele me contou que faria o filme. Nada poderia estar mais longe da verdade. Eu disse: ‘Faça seu próprio filme, cara. Isso é seu agora. Não se preocupe comigo’. Eu o apoiei incrivelmente. Por que aquele merda mentiu, eu não sei”.

O mau começo influenciou a percepção de Carpenter quando ele assistiu ao filme de Zombie: “Eu acho que ele tirou o lado místico da história ao explicar muito sobre [Michael Myers]. Eu não ligo pra isso. Ele deveria ser uma força da natureza, ele deveria ser quase sobrenatural, e ele era muito grande, não era normal”.

Carpenter voltará à franquia Halloween em breve, agora como produtor executivo. “Trinta e oito anos depois do Halloween original, eu vou tentar ajudar a tornar a décima sequência a mais aterrorizante de todas”, ele disse mais cedo neste ano. Talvez assim Halloween volte aos eixos…

Assista ao vídeo do diretor na New York Film Academy abaixo, em inglês. Os comentários sobre Rob Zombie começam por volta dos 17 minutos.

(Visited 506 times, 1 visits today)

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

5 comentários em “John Carpenter detona Halloween de Rob Zombie

  • 12/03/2019 em 08:45
    Permalink

    Eu até gostei da versão do Rob Zombie, apesar de que, de forma geral, todos os fãs da série criticaram. Gostei das explicações, achei as cenas de morte fortes, principalmente a da irmã e a do primeiro garoto, é interessante ver o filme sob uma outra perspectiva, um outro ponto de vista.

    Resposta
  • 26/07/2017 em 00:47
    Permalink

    Até hoje eu não consegui assistir por inteiro o remake de Halloween, feito pelo Rob Zombie, em 2007. Concordo plenamente com John Carpenter, ele tentou explicar demais. Halloween não é um filme de “drama”, senão seria até válido tanto lenga-lenga imposto pelo metaleiro. Aliás, eu curto muito as músicas do Rob Zombie, e também gostei muito de “Rejeitados pelo Diabo”, talvez o único acerto em sua filmografia, que é um verdadeiro “terror”.

    Resposta
  • 06/12/2016 em 14:50
    Permalink

    Verdade o Michael Myers é uma força sobrenatural, e o Zombie estragou a essência do personagem.

    Resposta
  • 06/10/2016 em 16:49
    Permalink

    Carpenter, eu te amo cara! kkkk
    E Zombie suma daqui, e por favor não volte nunca mais.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *