The Wanting Mare: trailer apresenta um belíssimo visual para um fábula de horror moderna

Um dos filmes mais aguardados para ter sua estreia mundial no festival Chattanooga, que acontece esse final de semana completamente online, é The Wanting Mare, produzido por Shane Carruth.

O filme dirigido por Nicholas Ashe Bateman e que está há cinco anos em produção, finalmente ganhou um trailer em 4K que mostra todo o potencial visual do novo longa.

Durante a coletiva de imprensa o filme foi descrito como “Um mundo inteiro construído através de uma inovação técnica do mesmo nível de Sky Captain e Sin City, tendo sido quase que inteiramente – e de maneira inacreditável – gravado em um depósito em Nova Jersey”.

“Suas centenas de efeitos visuais parecem mesclar paisagens digitais com a realidade física, trazendo Whithren e seu grande mundo para a vida”.

Uma longa sinopse também foi divulgada:

No mundo de Anmaere, ao norte da cidade de Whithren, cavalos selvagens correm pelos pântanos e pelas costas. Esses cavalos são o produto de exportação mais valioso da cidade, e com isso são caçados, capturados, vendidos e enviados através do mar uma vez por ano. Para aqueles que vivem em Whithren, esse comércio cria oportunidades lucrativas e inovadoras: a chance de escapar da cidade e seguir para o Oeste do continente de Levithen, ou apenas a oportunidade de começar de novo. Enquanto isso, em uma pequena casa ao norte da cidade, uma jovem mulher morre ao dar à luz. Suas últimas palavras são uma tentativa de dizer à sua filha sobre a vida que ela vai ter que levar e a herança de um sonho recorrente que ela deve manter em segredo; porque ele contém as memórias de uma era muito anterior a nossa, uma era onde mitos e magias estavam vivos no mundo.

O filme é estrelado por Jordan Monaghan, Yasmin Keshtkar, Edmond Cofie, Nicholas Ashe Bateman, Josh Clark e Christine Kellogg-Darrin.

Confira o trailer de The Wanting Mare abaixo:

(Visited 466 times, 1 visits today)

Lucas Crizza

Motion designer, apaixonado por tudo que envolve o mundo do horror. Quando criança descobriu a seção de terror nas videolocadoras e nunca mais foi o mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *