Com mais de 150 filmes na programação, Cinefantasy começa na próxima sexta

5
(1)

Começa na próxima sexta-feira, 16 de abril, a 11ª edição do Cinefantasy, que será aberta com a exibição do documentário Horror Noire: A História do Horror Negro, inédito no Brasil. Serão apenas 1.000 acessos gratuitos para o documentário, liberados a partir das 18h do dia 16 na plataforma Belas Artes à La Carte, onde será exibida toda a programação do festival.

A surpresa dessa semana foi o anúncio de um bate-papo com a dra. Robin R. Means Coleman, autora do livro Horror Noire: A Representação Negra no Cinema de Terror, lançado no Brasil pela DarkSide Books. Mediado pelo crítico Filippo Pitanga, o bate-papo acontece no dia 17, às 20h, como parte das atividades formativas promovidas pelo Cinefantasy – todas gratuitas.

Na programação do Cinefantasy se destacam as estreias na América Latina dos longas Porcelana, de Jenneke Boeijink (Holanda); Ravina, de Balázs Krasznahorkai (Hungria); Amigo, de Óscar Mártin (Espanha); e Sayo, de Jeremy Rubier (Canadá). Entre os documentários que serão exibidos no festival, destacam-se A Senhora que Morreu no Trailer, sobre a artista brasileira Suzy King; Morgana, sobre uma estrela pornô feminista aos 50 anos; e O Alvorecer de Kaiju Eiga, sobre a criação no japão dos “filmes de monstros gigantes”, como Godzilla.

O Cinefantasy conta com mais de 150 filmes de mais de 70 países em sua programação, distribuídos em 15 mostras competitivas, incluindo Mulheres Fantásticas, Fantástica Diversidade e, pela primeira vez, a mostra Fantastic Black Power. Além de disputarem o Troféu José Mojica Marins, os títulos serão indicados para o Prêmio FANTLATAM. Fora da competitiva, o festival prestará uma homenagem ao diretor Neville D’Almeida, realizador de filmes como A Dama do Lotação, Matou a Família e Foi ao Cinema e Navalha na Carne, com retrospectiva e entrevista exclusiva.

Entre as atividades formativas oferecidas pelo Cinefantasy, teremos o debate “O Cinema Negro no Gênero Fantástico”, mediado por Queops Negronski e com a participação de Grace Passô, Jefferson De e Mariana Jaspe, no dia 18, às 19h; o produtor Rodrigo Teixeira, da RT Features, conversando com Filippo Pitanga sobre “O Terror No Brasil E Coproduções Internacionais”, no dia 23, às 19h; o debate “As Mulheres No Cinema Fantástico”, mediado por Beatriz Saldanha e com participação de Cíntia Domit Bittar, Glenda Nicácio e Mavi Samão, no dia 24, às 20h; e o debate “Panorama LGBTQ no Cinema De Gênero”, mediado por Marcelo Carrard e com a participação de Camila Macedo Mikos, Lufe Steffen e Maura Ferreira, no dia 25, às 19h. O curso Clínica De Desenvolvimento De Projetos Audiovisuais, ministrado pelo cineasta argentino Hernán Moyano, acontece nos dias 26 e 28 de abril, e as inscrições limitadas estão abertas até o dia 15 através deste link.

Para mais informações e para conferir a lista completa de filmes que estarão nesta edição do Cinefantasy, acesse o site do festival.

Serviço:
11º CINEFANTASY – de 16 a 29 de abril de 2021
Onde: Belas Artes à La Carte
Valor assinatura mensal: R$ 9,90 | Valor assinatura anual: R$ 108,90

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno. Ainda fala de feminismos no Spill the Beans e de ciclismo no Beco da Bike.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.