Open The Coffin – Only Death Prevails (2019)

Banda:Open the Coffin
Ano:2019•País:Brasil
Álbum:Only Death Prevails
Estilo:Death Metal
Selo:Crionics Records / Audio Miasma

I am dead inside, smelly and Rotten. I will be born again. Open the coffin!!

Open The Coffin é um projeto de Natal/RN, que traz de volta a essência do death metal old school aos ouvidos dos deathbangers contemporâneos. Nos tempos em que a plasticidade e a digitalização dos elementos artísticos assombram a autenticidade das obras, incluindo o heavy metal e seus subgêneros, é gratificante saber que um disco tão visceral e orgânico como esse foi lançado em pleno 2019.

A pegada crua e cadenciada do EP Only Death Prevails reproduz a sonoridade dos expoentes do metal da morte como Entombed, Dismember, Hellhammer e outras bandas que fazem parte da velha escola do estilo. O clima “antigão” que ronda o som horripilante do Open The Coffin é um brinde às raízes do death clássico e certamente merece a atenção dos fãs do gênero. Além do som nos moldes do death metal antigo, o disco também apresenta uma identidade visual que complementa a referência ao período.

Esse EP foi gravado no Estúdio Black Hole de Natal/RN, lançado em CD digipack pelo selo Crionics Records, que também lançou o March To Calvary do Diabolic Force, e em cassete profissional pelo selo Audio Miasma. A bateria foi gravada por Cesar Cyco, e as demais funções (guitarras, baixo e vocais) foram executadas por Cláudio Slayer, que também é idealizador do projeto e compositor de todas as letras e músicas.

A primeira faixa, Open The Coffin, que dá nome ao projeto, começa com um riff matador que depois se transforma em um refrão empolgante, como um prelúdio do que esperar do disco. A segunda faixa, Baptized in a Grave, talvez a faixa mais rápida do EP, tem estrofes poderosas embaladas pelo bate-estaca da bateria. Na sequência temos The Cemetery Void, marcada pela levada “moshante” do pedal duplo, alternando a brutalidade dos dois bumbos com o clima sombrio nas partes mais doom. Por fim, Dead Procreation, que tem uma entrada lenta maligna, algumas sequências blast cravadas e um dueto de guitarra interessante no final, concluindo o EP em grande estilo.

No dia 24 de novembro de 2019 o Open The Coffin fez sua primeira apresentação ao vivo no Festival Dosol, em Natal/RN. Além do idealizador Cláudio Slayer no vocal, completam a banda César Cyco na bateria, Adriano Sabino no baixo, Alex Duarte e Paulo Death nas guitarras. Eles tocaram a inédita Don’t Bury The Dead, que será lançada somente no próximo disco, mas foi registrada pelo canal MrHellangelo e pode ser vista abaixo. A banda já tem outra apresentação agendada para maio deste ano, em Recife/PE, com as bandas Escarnium, Goath, Pandemmy, Buzzzaw Savagery e Krapula.

Além de Don’t Bury The Dead, o primeiro full-lenght do Open The Coffin terá um cover da saudosa Insane Death, primeira banda de Claudio Slayer, fundada no começo da década de 1990. O próximo lançamento ainda não tem título, mas já sabemos que a gravadora será a mesma do EP Only Death Prevails, Crionics Records, e que Claudio e César estão trabalhando na nova putrefação sonora que está por vir.

(Visited 421 times, 1 visits today)
Juliano Jacob

Juliano Jacob

Marketeiro digital, mineiro da gema e viciado em xadrez. Fã de filmes e livros aterrorizantes, guitarrista/baterista amador, escreve sobre música macabra no Boca do Inferno.

3 comentários em “Open The Coffin – Only Death Prevails (2019)

  • 10/04/2020 em 22:31
    Permalink

    uma bela homenagem a velha escola do metal da morte!!!!!!!

    Resposta
  • 26/03/2020 em 13:47
    Permalink

    Adorei o espaço no Boca do Inferno para o metal, principalmente o extremo!
    Por favor, continuem!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *