Material inédito de Os Caça-Fantasmas, de 1984, é descoberto

0
(0)

Para aqueles que ainda veem os antigos Caça-Fantasmas como obras que realmente representaram o melhor dos anos 80 – e ignoraram aquele remake bobo do ano passado – uma boa notícia. Parece que material do filme original, de 1984, está prestes a ser revelado. No último dia 16, a Ghost Corps, uma divisão da Columbia Pictures comandada por Ivan Reitman e Dan Aykroyd, envolvendo a franquia Caça-Fantasmas, postou uma intrigante imagem.

Nela, três fitas trazem identificações diferentes, mas diretamente relacionadas ao filme original. Uma delas, intitulada Fort Detmerring, contém material extraído na edição do filme de 84, mais propriamente sobre um encontro sexual de Ray Stantz com um fantasma. Provavelmente a cena foi excluída devido ao teor que traria à produção uma censura mais agressiva e que dificultaria sua popularização entre os mais jovens. Está curioso para saber do conteúdo? Confira uma descrição da cena:

Ray Stantz está em um quarto no Quartel de Fort Detmerring. Ele tenta usar um uniforme de oficial na frente de um espelho entre poses heroicas. Testa a cama e então dorme vencido pela exaustão. Uma manga do uniforme se move ligeiramente, assim como o sabre em sua bainha. Uma luz fosforescente, surgida das fendas da roupa, traça um padrão no ambiente. O medidor de PKE, de Ray, desliga-se. Ray se vira na cama. De dentro do traje uma névoa rosa assume uma forma humana. Ela paira sobre Ray, observando-o. Ainda adormecido, Ray se vira de costas. A névoa desliza sobre o pilar das cortinas e desce lentamente. O fantasma parece uma bela mulher. Ela está bem a frente de Ray, e, em seguida, move-se para a parte de baixo da cintura. Ray acorda e se mantém parado. O fantasma desaparece, enquanto o zíper de sua calça começa a baixar. A confusão de Ray se transforma em prazer. Enquanto isso, Winston Zeddemore está andando pelo corredor, fumando um cigarro. Ele ouve vozes e se aproxima da porta. Ele olha para Ray e pergunta se está tudo bem. Ray rapidamente grita: “Mais tarde, homem!”. Winston dá de ombros e se afasta.

Apesar da descrição completa da cena, há anos ela é procurada pelos fãs. Apenas a imagem que ilustra esse post foi divulgada, como prova de que a cena realmente foi filmada. As outras duas fitas ainda são mais misteriosas. Será que um dia esse material completo será divulgado para deleite dos que anseiam por uma continuação direta dos filmes há anos? É provável que sim, bastando apenas aguardar a boa vontade de Aykroyd e Reitman, que sempre se mostraram atenciosos com os fãs!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 156 times, 1 visits today)

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.