Falando no Diabo 25 – Quando a realidade é mais aterrorizante que a ficção

5
(1)

De uns anos pra cá, documentários sobre crimes reais vêm ganhando cada vez mais espaço, especialmente nos serviços de streaming. Mas o que explica o sucesso dessas produções? O que atrai as pessoas a consumi-las? Questões éticas e morais são levadas em conta pelos realizadores? Para falar sobre a explosão do entretenimento true crime, trouxemos hoje a Fabi Marques, do podcast 1001 Crimes.

Equipe de gravação:
Silvana Perez
Luana Damião
Samuel Bryan
Filipe Falcão

Convidada:
Fabi Marques

Links:
Podcast 1001 Crimes
Um Dois Um: Crônicas de Homicídios
Dear Zachary

Edição:
Maurício Murphy

Se você acompanha nosso conteúdo e pode nos ajudar a manter o Falando no Diabo e o Boca do Inferno vivos, acesse nosso Padrim e conheça as formas de colaborar e as recompensas.

Estamos no Spotify!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno. Ainda fala de feminismos no Spill the Beans e de ciclismo no Beco da Bike.

One thought on “Falando no Diabo 25 – Quando a realidade é mais aterrorizante que a ficção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.