Horror racial e monstros Lovecraftianos se encontram em Lovecraft Country, nova série da HBO

Bem vindo a Lovecraft Country. A nova série da HBO, inspirada no livro de mesmo nome de Matt Ruff, tem sua estreia marcada para agosto, e o primeiro teaser já está disponível.

A série acompanha Atticus Freeman (Jonathan Majors) e sua amiga Letitia (Jurnee Smollet-Bell), que, juntos de seu tio George (Courtney B. Vance) embarcam em uma viagem pelos Estados Unidos de 1950, onde a lei Jim Crow prevalece, em busca de seu pai desaparecido (Michael Kenneth Williams).

Eles começam uma luta para sobreviver e superar tanto os horrores raciais de uma América branca quanto os monstros que parecem ter saído dos livros de H.P. Lovecraft que começam a aparecer durante sua jornada.

O primeiro teaser da série já apresenta alguns monstros humanos e outros nem tanto, o que deixa claro o equilíbrio que a série está tentando buscar entre horrores do mundo real e monstros adormecidos no interior da América. Confira o primeiro teaser abaixo.

Misha Green é responsável pela produção executiva da série, e também atua como showrunner ao lado de J.J. Abrams, Jordan Peele, Bill Carraro, Yann Demange (que dirigiu o primeiro episódio), Daniel Sackheim (que dirigiu os episódios 2 e 3) e David Knoller (produtor executivo do episódio 1).

_title

(Visited 642 times, 1 visits today)
Lucas Crizza

Lucas Crizza

Motion designer, apaixonado por tudo que envolve o mundo do horror. Quando criança descobriu a seção de terror nas videolocadoras e nunca mais foi o mesmo.

Um comentário em “Horror racial e monstros Lovecraftianos se encontram em Lovecraft Country, nova série da HBO

  • 06/05/2020 em 16:21
    Permalink

    Normalmente eu sou contra o lacre e mimimi onde tudo é culpa de racismo, machismo e homofobia.

    Mas nesse caso eu apoio de coração!
    H.P. Lovecraft viveu em uma época onde todo mundo era racista da porra! Digo até que ele era moderado na época. E fazer justamente produções que exploram o medo do desconhecido ao mesmo tempo em que lidam com racismo é perfeito!

    Resposta

Deixe uma resposta para O Salsichão do Amor Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *