Divulgado o trailer do remake americano de Martyrs

0
(0)
Longa chega aos cinemas americanos no dia 22 de janeiro
Longa chega aos cinemas americanos no dia 22 de janeiro

Finalmente foi lançado o trailer do remake americano de Martyrs, baseado no excelente filme francês de Pascal Laugier. Dirigido pelos Goetz Brothers (Scenic Route) com roteiro de Mark L. Smith (O Buraco), o longa estreia em cinemas americanos selecionados no dia 22 de janeiro, chegando ao home vídeo no dia 2 de fevereiro.

Martyrs traz no elenco Bailey Noble (True Blood), Troian Bellisario (Pretty Little Liars), Kate Burton (Os Aventureiros do Bairro Proibido) e Blake Robbins (Rubber).

Lucie, de dez anos, foge do galpão isolado onde ela foi mantida prisioneira. Profundamente traumatizada, ela é aterrorizada por terríveis terrores noturnos no orfanato que a abriga. Seu único conforto vem de Anna, uma garota de sua idade. Quase uma década depois e ainda assombrada por seus demônios, Lucie finalmente encontra a família que a torturou. Conforme ela e Anna se aproximam da verdade agonizante, se encontram presas em um pesadelo. Se elas não conseguirem escapar, um destino de mártir as aguarda.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno. Ainda fala de feminismos no Spill the Beans e de ciclismo no Beco da Bike.

4 thoughts on “Divulgado o trailer do remake americano de Martyrs

  • 18/12/2015 em 03:31
    Permalink

    Não vejo o porquê em refilmar um filme que se completa como obra cinematográfica. Desnecessário, na minha opinião, qualquer tipo de adendo histórico regional (no caso norte-americano) que vá contribuir para enriquecer a película como um todo.

    Triste admitir, mas a refilmagem aponta para um único propósito: capitalizar através de um público convencional, de forma diluída, algo que se consolidou como clássico cult.

    Vou assistir. Não confio nos culhões. Espero me arrepender.

    Resposta
    • 26/12/2015 em 20:48
      Permalink

      Concordo plenamente. Só que eu sequer vou assistir o remake.

      Resposta
  • 15/12/2015 em 10:50
    Permalink

    Este é um que não assistirei, não por não ser bom, mas por acreditar piamente que nunca chegará os pés do original. O filme me assombrou por meses.
    Se estúdios norte americanos parassem de fazer remakes e passassem a investir em roteiristas, nem precisariam refilmar. 8)

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.