Felissa Rose e mais entram para o elenco de Death House

Rose é mais conhecida por sua participação em Acampamento Sangrento
Rose é mais conhecida por sua participação em Acampamento Sangrento

O “Mercenários do terror”, Death House continua acrescentando nomes ao seu elenco já cheio de ícones do horror. A mais recente leva de confirmações é encabeçada por Felissa Rose, de Acampamento Sinistro. Além dela, entram também Stelio Savante (The Making Of The Mob: New York) e Richard Speight Jr. (Supernatural).

Dirigido por Harrison Smith, Death House unirá Kane Hodder (o Jason Vorhees de vários Sexta-Feira 13), Bill Moseley (O Massacre da Serra Elétrica 2), Michael Berryman (Quadrilha de Sádicos), Dee Wallace (Cujo), Danny Trejo (Machete), Barbara Crampton (Re-Animator), Ken Foree (O Despertar dos Mortos), Don Shanks (Lenda Urbana 3), Camille Keaton (A Vingança de Jennifer), Bill Oberst Jr. (All Hallows’ Eve), Debbie Rochon (Santa Claws), Cody Longo (Piranha 3D) e Cortney Palm (Zombeavers).

Dois importantes ícones que estavam envolvidos com Death House já não têm mais relação com o projeto. Gunnar Hansen, o primeiro Leatherface, foi quem escreveu a história original. Antes de sua morte no ano passado, ele ofereceu a Doug Bradley (Hellraiser) um dos papéis principais no filme. Em entrevista ao Bloody Disgusting, Bradley explicou que, depois de problemas financeiros, o roteiro foi reescrito por Harrison Smith e a história mudou completamente. Jogado para um papel muito pequeno, Bradley deixou o projeto.

Confira a extensa sinopse de Death House:

The Death House é a Área 51 do Mal… uma instalação subterrânea do governo que mantém o que há de pior na humanidade em nove níveis. O nono nível do Inferno de Dante é o que mantém os Five Evils, as “estrelas sombrias” da Casa da Morte. Esses indivíduos são tão hediondos que não podem voltar à sociedade novamente. E eles também podem ser sobrenaturais.

Os agentes Toria Boon e Jae Novak possuem seu próprio lado negro. Eles chegam à Death House para um tour por cada um dos níveis para conhecer os residentes e também os experimentos das cientistas Eileen Fletcher e Karen Redmane. Suas experiências depravadas remetem aos doutores nazistas da época da Segunda Guerra Mundial.

Cada cela da prisão possui uma plataforma em realidade virtual que recria os ambientes aos quais pertenciam os prisioneiros. Um gás alucinógeno especial mantém os vilões sob controle, enquanto são “alimentados” com vítimas reais, sem-tetos deixados para morrer enquanto os cientistas estudam seus hábitos. Os resultados são terríveis, mas apenas uma pequena parcela do que acontece por lá.

O Inferno se rompe quando um dispositivo EMP se detona, acabando com todo o poder de comunicação e libertando todos os prisioneiros. Boon, Novak e Fletcher estão numa corrida mortal contra o avanço da horda de criminosos liderados pelo ocultista Neo-nazista Sieg. Os monstros estão soltos e eles estão indo cada vez mais para baixo.

A luta de Boon e Novak na Death House se transforma em desafios horrorosos. Sua única esperança de escapar é descendo para o nono nível para contar com a ajuda dos Five Evils. Os eventos culminam em um confronto violento face a face com o Mal absoluto… apenas para descobrir que eles estão viajando pelo buraco do coelho, através de um espelho. Preto é branco e branco é preto e as definições de Bem e Mal não se aplicam mais.

Quem são os monstros? Quem irá escapar?

(Visited 38 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien