Robert Englund conta como seria seu próprio A Hora do Pesadelo

0
(0)

No último fim de semana, Robert Englund esteve na Flórida para participar do Spooky Empire, evento que acabou sendo cancelado devido ao furacão Matthew. Mas o intérprete de Freddy Krueger teve tempo de conversar sobre o personagem com o Florida Today e aproveitou para comentar como seria sua própria versão de A Hora do Pesadelo:

Se eu tivesse controle do meu próprio A Hora do Pesadelo, eu tenho uma ideia do que gostaria de ver. Eu acho que seria ótimo se filhos de vítimas anteriores, ou apenas crianças que cresceram ouvindo histórias sobre Freddy Krueger, fossem assombradas por sua própria versão de Freddy Krueger. As crianças que cresceram escutando histórias sobre esse cara e as coisas horríveis que ele fez o visualizam de sua própria maneira, e é esta a versão que começa a assombrá-los.

Algumas pessoas podem imaginá-lo corpulento, outras como alto e magro, outras com um chapéu diferente ou um suéter diferente. Ele poderia ter luvas diferentes, ou mesmo uma luva com lâminas pequenas, como as aludidas no primeiro filme. Seria ótimo ver interpretações diferentes de Freddy Krueger baseadas na visão de crianças de quem ou o que Freddy era para elas. Afinal, o subconsciente de cada pessoa o imaginaria de formas totalmente diferentes.

Com um novo reboot de A Hora do Pesadelo supostamente em desenvolvimento, e visto que o remake de 2010 foi bem fraco, talvez fosse uma boa ideia seguir a forma de Englund de pensar e inserir um conceito novo à franquia.

E vocês, como gostariam que fosse um novo A Hora do Pesadelo?

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 170 times, 1 visits today)

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

2 thoughts on “Robert Englund conta como seria seu próprio A Hora do Pesadelo

  • 14/10/2016 em 19:29
    Permalink

    Admito que seria muito estranho ver um Freddy Krueger sem “uniforme”, hahaha, sem suéter e sem a luva, mas a ideia dele é muito boa! Mas talvez todos nós aceitaríamos um filme desse com um vilão novo, não necessariamente um “novo Freddy”

    Resposta
  • 11/10/2016 em 21:00
    Permalink

    Acho que até seria interessante, sendo do ponto de vista do cara que deu vida ao monstro, mas… outro reboot? Cabô criatividade?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.