Petição online sugere que Robert Englund esteja no próximo Halloween!

0
(0)

Se você se animou com o retorno de Michael Myers, ainda mais por saber do envolvimento de seu pai, John Carpenter, talvez possa pensar em contribuir para a escalação do elenco. Na verdade, desde a época em que a franquia esteve nas mãos de Rob Zombie, já havia algum movimento sugerindo que o incansável Dr.Loomis – que no original pertenceu ao sensacional Donald Pleasence – fosse interpretado por Robert Englund. Contudo, apesar da boa vontade dos fãs de horror em ver “Freddy Krueger caçando Michael Myers“, a ideia acabou sendo descartada.

Então, com o nome do mestre John Carpenter e a relação com Blumhouse, que já anunciou o lançamento para 19 de outubro de 2018, novamente a ideia voltou à pauta. E, para mostrar a força dos fãs, entrou no ar uma petição, coletando assinaturas para que os realizadores pensem nessa possibilidade. Inicialmente a meta era 500 assinaturas; já foi batida. Agora, passou para 1500. Neste exato momento conta com 1077 apoiadores.

Como já foi dito que esse Halloween será uma continuação direta de Halloween 2, de 1981, ainda não se sabe se o psiquiatra terá um papel no enredo. De qualquer forma, imaginar o assassino caminhando por Haddonfield sem o seu arqui-inimigo, é uma possibilidade desanimadora. Ou não?

Com direção de David Gordon Green, para um roteiro seu co-escrito por Danny McBride, o novo Halloween deve resgatar o espírito da franquia original, ignorando o que foi feito por Rob Zombie!

Quer assinar? Clique aqui.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.