CCXP 2018: O Recife Assombrado arrepiando no Artists’ Alley

E não é que O Recife Assombrado foi mesmo para a CCXP? O Recife Assombrado invadiu o Artists´ Alley do maior evento de cultura pop do mundo para trazer todas as suas publicações, incluindo o lançamento – que já anunciamos aqui – da HQ  Malassombro Volume 2 – O Rio das Carrancas, sequência de Malassombro – Assovios na Mata,

Abordando a lenda do Caboclo D’água, a HQ tem roteiro de André Balaio criado a partir de um conto do escritor e jornalista Roberto Beltrão, e arte de Téo Pinheiro.

Assim como no volume 1, que usou como referência tradições orais brasileiras, O Rio das Carrancas “lembra as antigas histórias contadas pelas avós aos netos, na hora de dormir, para alertá-los dos perigos que a natureza representa – no caso, a ameaça das águas revoltas dos rios que podem afogar e fazer corpos sumirem na correnteza”. De acordo com o roteirista André Balaio“a personagem principal é uma menina de 10 anos; é pelos olhos dela que o horror da trama se mostra em forma de pesadelo”.

Malassombro Vol. 2 ainda conta com um texto que reúne ocorrências sobre supostas aparições do Caboclo D’água, recolhidas por integrantes da Associação de Caçadores de Assombrações & Monstros sediada na cidade mineira de Mariana, em Minas Gerais. O relatório é assinado pelos pesquisadores Leandro Henrique dos Santos e Stefano Azevedo.

Logo após o evento, a HQ poderá ser adquirida através da loja online dO Recife Assombrado.

Procure O Recife Assombrado na CCXP, na mesa F20 do Artists’ Alley. Bata um papo com os autores e se arrepie com essa excelente produção!

(Visited 79 times, 1 visits today)

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.