A Queda da Casa de Usher (1982)

A Queda da Casa de Usher (1982)
Jess Franco em conto de Edgar Allan Poe
A Queda da Casa de Usher
Original:Revenge in the House of Usher
Ano:1982•País:Espanha, França
Direção:Jesús Franco
Roteiro:Jesús Franco, Edgar Allan Poe
Produção:Marius Lesoeur
Elenco:Howard Vernon, Antonio Mayans, Lina Romay, Fata Morgana, Ana Galán, Antonio Marín, Daniel White, Françoise Blanchard, Olivier Mathot, Jean TolzacAnalía Ivars

O conhecido conto A Queda da Casa de Usher, de Edgar Allan Poe, publicado em 1839, foi adaptado para o cinema diversas vezes, tendo como a versão mais conhecida o filme de Roger Corman de 1960, estrelado pelo ícone Vincent Price. Mas, o cineasta espanhol Jess Franco, dono de uma filmografia imensa de produções de baixo orçamento de horror, também deu sua contribuição para o tema com um filme de 1988, com Howard Vernon e a musa Lina Romay (falecida em fevereiro de 2012).

Eric Wladimir Usher (Howard Vernon) é um cientista formado em Biologia que vive recluso em seu castelo, impossibilitado legalmente de exercer a profissão. Em suas experiências misturando células embrionárias com plasma, ele descobriu uma espécie de elixir que consegue manter a juventude. Porém, ele é obcecado em tentar curar sua filha Melissa (Françoise Blanchard), assassinando jovens moças para utilizar seu sangue fresco como restaurador da vitalidade da filha doente. Ocorre então a visita de um ex-aluno, Dr. Alan Harker (Antonio Mayans), que ao chegar ao castelo testemunha o antigo mestre confessar atos terríveis de um passado tenebroso de crimes, descobrindo também uma atmosfera de loucura atormentando o lugar. Para conseguir o sangue das mulheres, o cientista é auxiliado pelo mordomo Mathias (Jean Tolzac) e pelo servo cego Morpho (Olivier Mathot). No castelo, onde as paredes e tetos estão em constante e ameaçadora movimentação (numa referência ao conto de Poe), ainda vive uma bela empregada, Maria (Lina Romay), além da assombração do fantasma da esposa morta do cientista.

A Queda da Casa de Usher (1982) (1)

Curiosamente, muitas cenas de O Terrível Dr. Orloff (1962, fotografado em preto e branco), foram inseridas para mostrar o passado criminoso de Usher, na tentativa desesperada de curar a filha através da transfusão de sangue de belas mulheres assassinadas pelo grotesco Morpho. Jess Franco também aproveitou a ideia para aumentar um pouco mais a duração do filme, que passou para aproximadamente 89 minutos.

Com produção da Eurociné, o filme procura recriar aquela atmosfera gótica dos castelos imponentes de pedra que escondiam segredos sombrios, maldições familiares e loucura, com efeitos toscos de maquiagem (Morpho está risível, e suas aparições até divertem justamente por isso), e Howard Vernon é um ator com um rosto natural de cientista louco, recebendo também maquiagem para parecer mais cadavérico ainda. Porém, o roteiro, igualmente de autoria de Jess Franco, é confuso e cheio de furos, podendo causar certo estranhamento no espectador, colocando em risco a diversão.

A Queda da Casa de Usher (1982)

Tendo várias versões e nomes diferentes, dificultando um trabalho de catalogação, vale registrar que o filme é conhecido pelos títulos originais La Chute de la Maison Usher (França), El Hundimiento de la Casa Usher (Espanha), Neurosis – The Fall of the House of Usher, entre outros, e foi lançado em DVD no Brasil pela Vinny Filmes, na coleção Clássicos do Terror, com opção de áudio em francês, inglês e português, e legendas em inglês e português, sem materiais extras. A ilustração de uma das capas originais, que também foi utilizada no Brasil, é até bem interessante, mostrando uma mulher amarrada sendo ameaçada por alguém portando uma furadeira elétrica, porém essa cena não existe no filme (o sangue das vítimas é extraído num sistema tosco com agulhas), numa demonstração clara de apelo comercial de marketing através da bela capa. E a sinopse que consta na contra capa do DVD nacional, que é uma tradução literal de informações obtidas no site IMDB, contém várias falhas na história.

(Visited 505 times, 1 visits today)
Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

2 comentários em “A Queda da Casa de Usher (1982)

  • 22/09/2020 em 04:48
    Permalink

    Vi somente hoje depois de um ano comprado e parado na maratona clássicos do terror. Cara eu por ler a sinopse desse filme várias vezes já sabia o que ia encontrar, não me surpreendeu em nada, uma pena podia ter sido melhor, com cenas bem mais exploradas do castelos a noite com coisas estranhas acontecendo, fechou com chave de ouro a vida do Dr orlof.
    Esse filme mistura 3 histórias diferentes kkkk o tio jess e foda mesmo, bom posso estar errado não conheço a obra original de usher de Alan, mas aqui tem essa história mas e ambientada na história tb do Dr orlloff , ora ele e Erick usher ou Dr orlloff ??? kkkkk, e impressão minha ou os dois doutores tinham nomes dos personagens do livro Dracula? Alan harker, parece a n original era jonatahn harker, e Dr seward kkkk só o tio jess msmo. Lina Romay poderia ter dado um ar artístico com sua nudez em mais cenas, o filme faltou mortes sinistras , mais ambientação dark o q revê pouco e mais sensualidade das mulheres o q se sempre tem nos filmes dele, mas ficou um ar nostálgico de lembranças e memórias q e típico dos filmes dele, tipo a virgem e os mortos que é bem melhor q esse, cada um com seus méritos mais faltou mais coisas nesse par ser pelo menos perfeito e trashna minha opinião.
    Aquele morpho parecia um integrante da band rollin Stones kkkk e o Castelo desmorando ? Kkkk é foi o fim do Dr orlloff e sua saga, onde o primeiro e um clássico absoluto. quem Assistir tb comenta ai se teve essa impressão

    Resposta

Deixe uma resposta para vanessa vasconcelos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *