The Hideout (2007)

The Hideout (2007)
O Medo está mais perto do que você imagina!
The Hideout
Original:Il nascondiglio
Ano:2007•País:EUA, Itália
Direção:Pupi Avati
Roteiro:Pupi Avati, Francesco Marcucci
Produção:Antonio Avati
Elenco:Laura Morante, Rita Tushingham, Treat Williams, Burt Young, Yvonne Sciò, Peter B. Soderberg, Giovanni Lombardo Radice, Angela Pagano, Sydne Rome

O interessante de participar de festivais como SP Terror, Fantaspoa, Espantomania, Guarú Fantástico e CineFantasy está na possibilidade de assistir a produções que dificilmente chegarão ao circuito comercial no Brasil. Curtas sombrios, longas de países onde você nem imaginava que seriam capazes de produzir algo pelo gênero e filmes tão bem realizados que fica difícil entender porque as distribuidoras brasileiras simplesmente o ignoram. Um desses exemplos leva o nome de Il nascondiglio, exibido em 14 de novembro de 2009 na Biblioteca Viriato Corrêa com o título em inglês The Hideout (O Esconderijo)

Trata-se de uma produção italoamericana, lançada em 2007, dirigida e roteirizada por Pupi Avati (do divertido filme de zumbis Zeder e do clássico A Casa com Janelas Sorridentes, de 1976) com adaptação de Francesco Marcucci. Apesar de ser mais italiano do que da terra do Tio Sam – inclusive com uma atriz italiana como protagonista, Laura Morante (Medos Privados em Lugares Públicos, 2006) -, o filme é falado em inglês e tem atores americanos como Treat Williams e Burt Young (o Paulie da franquia Rocky) e ingleses, como Rita Tushingham e Tom Rottger-Morgan. Infelizmente, o longa foi exibido sem legendas no festival, o que afastou alguns fãs do gênero que pretendiam acompanhá-lo.

The Hideout (2007) (1)

No enredo, após uma introdução num convento, com o desespero de algumas freiras quanto ao comportamento de duas jovens, o filme salta 50 anos, e acompanhamos a bela Lei (Morante), que acaba de sair de uma instituição mental, onde ficara para se recuperar do suicídio do marido. Com grandes pretensões como abrir um próprio restaurante, a mulher acaba alugando o casarão (o tal convento do início do filme), enquanto se organiza para seus novos propósitos. No entanto, ao passar a primeira noite no local, ela já percebe que a casa pode não estar tão vazia quanto ela imaginava.

Atormentada por assustadores cochichos – que mesclam o infantil com o sombrio – Lei não sabe se aquilo se trata de reflexos de sua passagem na instituição mental, onde ela dizia ouvir vozes, ou se há pessoas morando no ambiente. E a cada investigação e descoberta, ela percebe que pode estar mexendo com um passado que muita gente quis enterrar, ao passo que a realidade aterrorizante vem aos poucos à tona. “Encontraram três corpos, duas pessoas desapareceram; não havia pegadas na neve que indicassem que alguém saiu da casa após os crimes.

The Hideout (2007) (3)

Para aproveitar ao máximo o seu conteúdo, o ideal seria não saber nada a respeito do filme e esperar que as surpresas saltem aos seus olhos, acompanhando a belíssima trilha do experiente Riz Ortolani e fotografia escura, além da atmosfera de produção antiga de terror, com neblinas artificiais e rangidos de madeira. Talvez o que impede uma nota ainda maior sejam os excessos de subplots que não conduzem a lugar algum e só servem para confundir o público. Ainda assim, é um belo exemplar de horror italiano que remete aos bons velhos tempos, quando nomes como Dario Argento, Mario Bava e Lucio Fulci ocupavam lugares de destaque no gênero fantástico.

(Visited 81 times, 1 visits today)
Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. É autor do livro "Medo de Palhaço", além de ter participado de várias antologias de horror!

2 comentários em “The Hideout (2007)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien