Lights Out (2013)

Lights Out (2013)

Lights Out
Original:Lights Out
Ano:2013•País:Suécia
Direção:David F. Sandberg
Roteiro:David F. Sandberg
Produção:David F. Sandberg
Elenco:Lotta Losten

Com menos de três minutos de metragem, nenhum diálogo e uma narrativa baseada cem por cento no medo, Lights Out é um curta do sueco David F. Sandberg que vem criando um tremendo impacto no Vimeo, onde já conseguiu mais de 8,7 milhões de visualizações. Ninguém parece mais surpreso do que o próprio criador, que ganha a vida fazendo animações para empresas e se dedica a fazer curtas nas horas vagas.

Lights out é estrelado por Lotta Losten, esposa de Sandberg, como uma mulher que, ao se preparar para ir para a cama, começa a ver um vulto estranho na escuridão a cada vez que apaga as luzes. Cada vez mais acuada pela estranha criatura sobrenatural, ela faz de tudo para manter as lâmpadas acesas. Mas acaba aprendendo da pior maneira possível que é melhor deixar algumas visões cobertas pela escuridão.

Lights Out (2013) (3)

Com grande semelhança com o horror japonês (Ju-On: O Grito parece ser a maior influência) Lights Out continua no seu caminho de sucesso, tendo vencido o prêmio de melhor diretor no Who’s There, um festival de curtas de horror online. Tendo em vista o impacto do curta, é de se esperar que Sandberg cedo ou tarde seja importado para Hollywood. Ou, na pior das hipóteses, que tentem refilmar Lights Out com alguma atriz gostosona e inexpressiva e um orçamento de vinte milhões de dólares. Vamos torcer pela primeira hipótese.

(Visited 336 times, 1 visits today)
Matheus Ferraz

Matheus Ferraz

Mineiro, autor publicado e mestre em Biografia pela University of Buckingham

8 comentários em “Lights Out (2013)

  • 27/12/2015 em 14:46
    Permalink

    Genial! Dá mais medo que 90% dos filmes que vi recentemente. Mostra que menos é mais quando se trata de terror. Mal posso esperar pelo longa baseado nisso!

    Resposta
  • 05/06/2014 em 23:44
    Permalink

    Se fosse comigo dormiria na rua sem pestanejar é realmente muito bom.

    Resposta
  • 04/06/2014 em 00:38
    Permalink

    Nossa achei muito bom esse curta 🙂 com só 3 minutos de duração ele consegue construir uma tensão enorme ,coisa que muitos longas americanos não conseguem em 90 minutos kkk

    Resposta
  • 03/06/2014 em 22:45
    Permalink

    Esse curta é ótimo.
    Inventei de ver logo de madrugada e pra dormir foi um custo…..

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien