O Gigante Monstro Gila (1959)

O Gigante Monstro Gila (1959)

O Gigante Monstro Gila
Original:The Giant Gila Monster
Ano:1959•País:EUA
Direção:Ray Kellogg
Roteiro:Ray Kellogg, Jay Simms
Produção:Ken Curtis, B.R. McLendon
Elenco:Don Sullivan, Fred Graham, Lisa Simone, Shug Fisher, Bob Thompson, Janice Stone, Ken Knox, Gay McLendon, Don Flournoy, Cecil Hunt, Stormy Meadows, Howard Ware, Pat Reeves

Bagaceira incrivelmente ruim, produzida nos saudosos anos 50 do século passado. Numa pequena cidade do interior do Estado americano do Texas, uma série de misteriosos desaparecimentos de pessoas e acidentes rodoviários intriga a polícia, e as evidências sugerem ser obra de ataques de um lagarto gigantesco. O xerife Jeff (Fred Graham), auxiliado pelo jovem Chase Winstead (Don Sullivan), um mecânico influente entre os adolescentes locais, partem para a investigação e confronto com o monstro.

O Gigante Monstro Gila (1959) (2)

Com direção de Ray Kellogg e roteiro de Jay Simms (ambos de (The Killer Shrews, lançado no mesmo ano), O Gigante Monstro Gila faz parte dos chamados “tão ruins que até divertem“, por ser banal e exageradamente inocente. O lagarto é real, filmado andando entre maquetes, simulando um tamanho descomunal (efeito também utilizado em outras produções como Viagem ao Centro da Terra, 1959, e O Mundo Perdido, 1960).

Lançado em DVD no Brasil pela FlashStar em sua Classic Colection, com o original em PB e também a versão colorizada digitalmente.

(Visited 258 times, 1 visits today)
Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

Um comentário em “O Gigante Monstro Gila (1959)

  • 28/12/2019 em 19:15
    Permalink

    Não é pior que Gigantes Planetários. Pra quem não ligou o nome ao filme, é um que aparece em cartaz em algumas cenas do Chaves. Aquilo faz as produções de Ed Wood e Bruno Matei se aproximarem de Cidadão Kane.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *