Honeymoon (2014)

Honeymoon (2014) 4

Honeymoon
Original:Honeymoon
Ano:2014•País:EUA
Direção:Leigh Janiak
Roteiro:Phil Graziadei, Leigh Janiak
Produção:Patrick Baker, Esme Howard
Elenco:Rose Leslie, Harry Treadaway, Ben Huber, Hanna Brown

“Depois da cerimônia vem o ritual”

Sou um amante do horror, sou um amante do terror, sou um amante do gênero ficção científica. Mas meus filmes favoritos serão sempre aqueles sci-fi, horrores ou terrores que conseguem não apenas mostrar um vilão original, uma cena assustadora ou litros de sangue, mas em vez disso (ou como complemento a isso) estabelecer uma atmosfera de suspense, tensão ou mistério, algo que, justamente por ser mais difícil de alcançar do que simplesmente mostrar membros decepados ou sustos baseados em aumento da trilha sonora, tem se tornado algo cada vez mais raro no cinema do gênero. Eis que então aparece um pequeno trabalho independente de uma diretora estreante que consegue justamente investir num tom preciso de angústia, paranoia e medo, capaz de deixar o espectador, assim como nos melhores thrillers, em um constante estado de vigília e no proverbial “roer das unhas“. Não somente isso, mas a direção segura da jovem Leigh Janiak ainda despertar a curiosidade em saber o motivo por trás do conflito do longa, motivo que, embora não seja necessário muita experiência com o gênero para desvendar, deve agradar aos fãs menos escolados nas convenções do estilo, já que o desfecho é a parte menos inspirada da obra.

Honeymoon (2014)

O enredo do filme, apesar de parecer manjado ao englobar o subgênero “terror na floresta“, trata da lua de mel (claro) do jovem e apaixonado casal Bea (Rose Leslie, de Game of Thrones) e Paul (Harry Treadaway, de Penny Dreadful). Eles filmam suas adoráveis juras de amor, pegam seu carro cheio de latas penduradas e partem para um casebre isolado na floresta, pertencente à família de Bea. Pouco tempo depois de chegarem, após o que parece ser um episódio de sonambulismo de Bea, seu marido nota profundas mudanças no comportamento da moça, que passa a agir de maneira cada vez mais distante e misteriosa.

Honeymoon (2014)

Beneficiado por uma boa química entre o casal protagonista, Honeymoon é esperto ao dedicar boa parte do primeiro ato ao nos apresentar a dinâmica dos recém-casados, e por mais que pareçam monótonos e triviais, os momentos em que ambos saem juntos de canoa, falam bobagens, fazem amor e dormem juntos constituem uma abordagem realista e terna, fazendo com que prontamente passemos a nos importar com aquelas pessoas, premissa fundamental no gênero horror, afinal, poderíamos estar na pele daqueles personagens.

Honeymoon (2014) 3

Filmado de maneira simples, mas eficiente, a fotografia de Honeymoon é sutil ao escurecer gradualmente o filme conforme o nível de suspense aumenta, revelando uma estratégia bastante inteligente. Além disso, o filme também parece fechar seus quadros cada vez mais em torno dos protagonistas gerando um potente efeito de claustrofobia. Permitindo ainda que o filme seja avaliado como uma alegoria para o período pós-casamento e os problemas decorrentes de uma vida a dois, Honeymoon se encerra de uma maneira que muitos dirão anti-climática, mas que prova talvez os próprios subtextos com os quais trabalha: que a viagem às vezes é melhor que a chegada.

Longa marca a estreia da diretora Leigh Janiak.
Longa marca a estreia da diretora Leigh Janiak.
(Visited 1.830 times, 1 visits today)
Marcus Augusto Lamim

Marcus Augusto Lamim

Um seguidor fiel do cinema em todos seus formatos e gêneros, amante de rock e do gênero fantástico, roteirista amador e graduando em química.

13 comentários em “Honeymoon (2014)

  • 08/12/2017 em 02:05
    Permalink

    Filme sem pé e sem cabeça! Não entendi nada, não gostei !!!!!

    Resposta
  • 07/12/2017 em 01:56
    Permalink

    Para começar, o início do filme prende você pq não parece em si ser o que é realmente. Mas a história que começa a desencadear no decorrer do filme, nos trás diversas questões e perguntas em si, mas nenhuma dessas questões são respondidas no decorrer do filme. Eu esperava muito mais do filme. Os comentários aqui dizem ser aliens que a abduziram mas , eu sinceramente, nao achei nada a ver. Nada se combina com o final do filme. Sem sentido, Sem lógica. Enfim, uma bosta. Uma perca de tempo total. Oque parecia se um bom filme, acaba se transformando em uma verdadeira chatice. VC espera tanto pra saber oque estava acontecendo com a garota e sua resposta nao é mostrada. Minha opinião.

    Resposta
  • 01/07/2017 em 23:50
    Permalink

    sinceramente eu não compreendi absolutamente nada deste filme, alguém pode-me explicar? o porque ocorria tudo aquilo? e qual as origens de todos os eventos?

    Resposta
    • 30/11/2017 em 23:53
      Permalink

      Cara, é bem simples até.

      SPOILER

      Como o filme trabalha com a sugestão, não dá pra afirmar com 100% de certeza, mas tudo indica que são aliens que vieram à Terra. A luz forte é algo que chama a mulher para a floresta e aí eles vão lá e a usam para reproduzir. Após isso ela fica totalmente estranha e não consegue mais discernir as coisas. Ela tenta proteger o marido mas o que está dentro dela acaba controlando-a. Pra “proteger” o marido, ela acaba jogando ele no lago. No final os aliens chamam as duas moças pra irem com eles.

      Essa é a minha interpretação.

      Resposta
  • 30/06/2017 em 13:30
    Permalink

    SPOILERS

    O filme é cinematográficamente muito bem feito, primeiro sim!!! São aliens!! Segundo ela literalmente escondeu o marido (matando ele).
    O filme veio para ser de suspense e ter um clima “de roer as unhas” mas claro que a premissa de “ela foi possuída por aliena e comida de dentro ora fora” não agrada muito. E foi oque aconteceu, mas foi um filme gostoso de assistir se não contar com isso ahjshahshaha

    Resposta
  • 12/06/2017 em 23:54
    Permalink

    SPOILERS!

    Achei um filme sem pé nem cabeça. Quem estava a floresta com ela era um alienígena? Qual o motivo dela matar o marido? Ela disse que ia escondê-lo e acabou matando o marido. Sem enrredo e sem sentido. Enfim não gostei do filme

    Resposta
  • 16/01/2017 em 23:38
    Permalink

    Olha,eu nem entendi o filme,se alguém entendeu ,pelo amor de deus me explica! É filme de alien? Nossa,tô bem perturbada e confusa.

    Resposta
  • 04/03/2015 em 23:55
    Permalink

    Estou com a Yves… Monótono, chato e entendiante! O começo é super legal, mostrando o cotidiano do casal, a intimidade…Mas pra mim, o filme não mostrou a que veio.

    Resposta
  • 03/03/2015 em 13:01
    Permalink

    Tem no netflix. Nunca arrisquei….mas depois dessa análise, tenho que ver.

    Resposta
  • 28/02/2015 em 05:00
    Permalink

    Realmente, uma boa surpresa hj em dia…

    Resposta
  • 27/02/2015 em 21:06
    Permalink

    4 caveiras achei exagero de mais da conta!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *