Segredos nas Paredes (2021)

4.5
(8)

Segredos nas Paredes
Original:The Whole Truth
Ano:2021•País:Tailândia
Direção:Wisit Sasanatiengb
Roteiro:Abishek J. Bajaj
Produção:Sangar Chatchairungruang
Elenco:Sutatta Udomsilp, Nattapat Nimjirawat, Sompob Benjathikul, Tarika Tidatith, Nicole Theriault, Sadanont Durongkhaweroj, Keetapat Pongruea

por Taison Natarelli

Longe da mãe, um casal de irmãos vai morar com os avós sinistros que acabaram de conhecer… Essa história pode lhe soar familiar, mas não, não se trata do divertido “found footage”, A Visita (2015), do mestre M. Night Shyamalan.

Segredo nas Paredes é um longa-metragem tailandês, dirigido por Wisit Sasanatieng, que conta a história de dois irmãos – Pin e Putt – que passam a viver com seus avós, enquanto a mãe está internada. A trama gira em torno de um misterioso buraco na parede – que só é visto pelos irmãos – e o que está por trás, literalmente, daquela casa assombrada.

O filme é relativamente longo, possui 125 min de duração, mas demora para desenrolar, perdendo praticamente 1 hora e 20 min para construir a história dos personagens: Mai – a mãe, uma empresária bem sucedida que entra em coma após se envolver em um acidente de carro; Pin – a típica filha perfeita e popular, líder de torcida, que desperta a inveja das colegas e o desejo dos meninos da escola; Putt – o irmão caçula que sofre bullying por ter uma deficiência na perna. A família conta com um avô, ex-policial – que aparentemente perde o controle com facilidade – e com uma avó que sofre com os sintomas da demência (mais uma semelhança com A Visita?). O filme começa a ganhar um pouco mais de ação e suspense apenas nos últimos 40 minutos.

Nem mesmo as cenas do “fantasma” atrás da parede – à la Samara – conseguem arrancar alguns sustos do telespectador. E convenhamos, quando você está em casa e procura algum filme de terror para assistir, você espera algo que lhe cause medo, em algum nível. Nesse quesito, Segredos nas Paredes falha miseravelmente. Se fosse classificado como um drama familiar, talvez fosse melhor cotado, mas esse não é o caso.

O cinema de horror asiático já nos rendeu boas surpresas no passado, como o também tailandês Espíritos – A Morte Está do Seu Lado (2004), o sul-coreano Invasão Zumbi (2016), sem contar os blockbusters japoneses O Chamado e O Grito.

Com cenas monótonas e efeitos especiais fracos, a película deixa a desejar e fica bem atrás de seus antecessores. A sequência de plot twists no final pode até surpreender um telespectador mais desatento, ou algum iniciante no gênero, mas não consegue salvar o filme – perdão pelo trocadilho – do buraco do esquecimento do streaming.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Autor Convidado

Um infernauta com talentos sobrenaturais convidado a ter seu texto publicado no Boca do Inferno!

One thought on “Segredos nas Paredes (2021)

  • 17/01/2022 em 14:41
    Permalink

    Esperava mais desse filme…. realmente lento demaaaaais, além de não me causar nenhum suspense… Isso sem falar na Mai, mãe dos meninos, que cobrava uma explicação dos pais sobre o que aconteceu naquela casa e no final…bem, sabemos o desenrolar bem contraditório …(sem spoilers) …. Enfim, não é um filme que indicarei ….

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.