Falando no Diabo 60 – Seria necessário um conselho tutelar exclusivo para crianças de filmes de terror?

5
(1)

Crianças, aqueles seres puros e inocentes – na vida real, porque nos filmes de terror a coisa pode ser bem diferente. No episódio de hoje do Falando no Diabo, semana de Dia das Crianças, conversamos sobre alguns dos pequenos mais assustadores do cinema!

Equipe de gravação:
Silvana Perez
Luana Damião
Filipe Falcão
Ivo Costa

Edição:
Maurício Murphy

Arte:
Lucas Crizza

Se você acompanha nosso conteúdo e pode nos ajudar a manter o Falando no Diabo e o Boca do Inferno vivos, acesse nosso Padrim ou nosso PicPay e conheça as formas de colaborar e as recompensas.

Estamos no Spotify!

Falem com a gente! Estamos no Instagram, Twitter e Facebook e, claro, no site!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno. Ainda fala de feminismos no Spill the Beans e de ciclismo no Beco da Bike.

One thought on “Falando no Diabo 60 – Seria necessário um conselho tutelar exclusivo para crianças de filmes de terror?

  • 23/10/2021 em 20:27
    Permalink

    Ótimo episódio, apropriado para a data, hehehehe. Comentaram todos os muitos filmes que imediatamente começaram a surgir nos meus pensamentos, além de outros que nem lembrava e alguns poucos que ainda não vi.

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.