GHOSTWIRE: TOKYO chega com ação e paranormalidade repleta de efeitos visuais

5
(2)

Desde que foi anunciado, Ghostwire: Tokyo foi um jogo que chamou muito a atenção. Seu primeiro trailer repleto de mistérios colaborou bastante, além de ser um game da Tango Gameworks, mesma criadora do muito bem recebido The Evil Within, e produzido por Shinji Mikami, o famoso criador de Resident Evil.

Agora, o jogo chega ao PlayStation 5 e PC nesta sexta-feira, 25 de março, após alguns anos de expectativa, onde deixa de lado o terror e aposta em uma história de ação e suspense, mas tomada por elementos fantasmagóricos e paranormais que provavelmente vão dar alguns bons sustos em você.

Ghostwire: Tokyo começa com um espírito buscando um corpo para possuir, assim ele encontra Akito, que estava prestes a morrer depois de sofrer um acidente de carro ao ir visitar sua irmã. Por sorte o espírito possui o corpo de Akito e salva sua vida, mas algo acontece na cidade e estranhos demônios começam a vagar pelas ruas de Tóquio, espalhando uma estranha névoa que dizima os humanos quando chegam perto. Agora cabe a Akito e ao espírito KK descobrir o que está acontecendo, saber a ligação que a irmã de Akito tem com isso tudo e tentar trazer as almas de todos os habitantes de volta aos seus corpos, enquanto lutam contra uma série de demônios nas ruas.

Com ação em terceira pessoa, inovações visuais únicas para o combate e a exploração do folclore japonês numa história bastante complexa, Ghostwire: Tokyo é um dos títulos de maior curiosidade do ano, estreando com boas notas no agregador Metracritic (81 para PC e 75 para PS5).

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Samuel Bryan

Jornalista, acreano, tão fã de filmes, games, livros e HQs de terror, que se não fosse ateu, teria sérios problemas com o ocultismo. Contato: games@bocadoinferno.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.