Treze autores clássicos brasileiros se reúnem em Medo Imortal, da DarkSide Books

Em 1897, ano em que H.G. Wells lançou O Homem Invisível e Bram Stoker publicou Drácula, foi fundada no Brasil a Academia Brasileira de Letras (ABL), por quarenta intelectuais que se inspiraram em um modelo de agremiação de escritores já existente na França desde 1635. Autointitulados “Imortais”, os fundadores eram liderados por Machado de Assis.

Mas o que a ABL tem a ver com o terror? No próximo dia 18 a DarkSide Books lança Medo Imortal, novo livro da coleção Medo Clássico que reúne poesias e 32 prosas de escritores ligados à Academia.

São contos que evocam o sobrenatural, apresentam monstros, descrevem atos de psicopatas, dão o testemunho de todo tipo imaginável de atrocidades concebidas pela mente humana. Produzidos entre a segunda metade do século XIX e a primeira metade do século XX, tais textos representam o que de melhor se escreveu nos primeiros cem anos de produção do terror em nosso país.

Organizado pelo jornalista Romeu Martins, com ilustrações de Lula Palomanes, Medo Imortal reúne treze autores, sendo eles os patronos Álvares de Azevedo, Bernardo Guimarães e Fagundes Varela; os fundadores, além de Machado de Assis e de Júlia Lopes de Almeida, comparecem Coelho Neto, Aluísio Azevedo, Afonso Celso, Inglês de Souza e Medeiros e Albuquerque. Completando a lista, três autores eleitos ainda nos primeiros anos de existência da Academia, Afonso Arinos, João do Rio e Humberto de Campos.

Medo Imortal já está disponível para pré-venda na loja da DarkSide com cards exclusivos, ou na Amazon.

(Visited 351 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien