Brasília recebe Lucia di Lammermoor – As Bodas de Sangue neste fim de semana

A Ópera Jovem e o diretor e cantor Jean Nardoto levam a Brasília uma versão repaginada da ópera Lucia di Lammermoor, de Gaetano Donizetti. A ópera entrou em cartaz ontem, na Sala Plínio Marcos do Complexo Cultural Funarte, e terá exibições às 19:00 hoje, amanhã e no domingo.

Baseada no romance The Bride of Lammermoor, de Walter Scott, a história original se passa na Escócia. Em um ambiente sombrio, a história do amor impossível de Lucia e Edgardo de Ravenswood será retratada em um hospício, embalada por uma orquestra de 18 músicos regida pelo maestro Felipe Ayala. De acordo com Nardoto, a ideia é “preservar o trágico e estender a loucura de Lucia” em uma história de suspense.

Lucia di Lammermoor – As Bodas de Sangue contará com figurinos chocantes, típicos de um hospício, e será cantada em italiano e falada em português, com legendas. As atrizes Livia Bergo e Gabriela Ramos se revelam no papel-título, enquanto Nardoto vive Eduardo.

Lucia di Lammermoor é uma ópera que se passa em três atos e que retrata o romance proibido de Lucia di Lammermoor e Edgardo de Ravenswood, no século 19. Por serem de famílias inimigas, estes fiéis apaixonados são proibidos de viver um grande amor. Enrico, irmão da protagonista, e Arturo Bucklaw, seu noivo prometido, descobrem que Edgardo anda se encontrando às escondidas com Lucia. Inimigo mortal da família Ravenswood, Enrico di Lammermoor trava então uma busca atrás do amante da irmã.

Paralelamente, Lucia tem várias alucinações e conta a serviçal Alisa que viu o fantasma de uma menina assassinada por um possesso ancestral da família Ravenswood, a mesma de Edgardo. Alisa começa a ter um mau pressentimento e faz de tudo para manter Lucia afastada do moço.

Em uma missão política, Edgardo vai à França para tentar selar paz com o irmão da amada. Antes da viagem, no entanto, os apaixonados trocam alianças de compromisso. Mas o destino dos amantes toma outro rumo. Lucia é enganada pelo irmão, que forja uma carta e a convence que Edgardo a esqueceu. Prometida a Arturo Bucklaw, Lucia se casa a contragosto. O amante, no entanto, chega ao seu casamento e rompe com Lucia. Entre loucuras, ódio, traições e alucinações, o romance acaba com um triste final.

Serviço:
Lucia di Lammermoor – As Bodas de Sangue
Dias 20, 21, 22 e 23 de outubro (quinta, sexta, sábado e domingo), no Teatro Plínio Marcos – Complexo Cultural Funarte (Eixo Monumental)
Horário: 19h
Ingressos: R$ 10 (meia-entrada)
Telefone para informações: 3322-2076 / 98658-4485

(Visited 15 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien