CCXP 2018: Cinco coisas estranhas que só esse evento pode proporcionar!

Engana-se quem pensa que a Comic Con Experience é apenas para o público geek ou nerd! Sendo fã de cultura pop em geral ou apenas um espectador, você não sai do evento sem ter feito alguma maluquice, daquelas que você registra em vídeo e guarda para sempre como recordação da experiência. Uma boa maneira de entender o efeito CCXP é perceber que analogamente você teve a oportunidade de voltar à infância, de brincar, rir e conversar com pessoas legais, educadas e divertidas.

Se ainda não entendeu o que a experiência proporciona, vamos listar algumas coisas estranhas que você deve ter visto e experimentado durante sua passagem pelo evento:

1. Corrida com o Flash

O personagem da DC era mostrado numa tela diante de uma pista de corrida. O público lotava o estande, ficava na fila por bastante tempo apenas para tentar vencê-lo numa disputa desigual e assim levar um belíssimo pôster. No trajeto, o personagem chegava até a atender o celular antes de chegar ao ponto final.

2. Gritar Shazam

Ano que vem chega aos cinemas essa aguardada adaptação. O trailer é bem legal, e transmite no espectador uma vontade insana de gritar o nome do personagem para tentar se transformar no poderoso herói. No estande da Warner, isso era possível: a intensidade de seu grito era medida, enquanto um raio aparecia projetado em seu peito para delírio do público. É muito divertido avaliar os gritos da galera…

3. Disputa de Boxe no palco de Creed II

Outro sucesso da CCXP, sem dúvida alguma, foi a disputada luta de “boxe” do público, através de um divertido quiz. Cada resposta certa era um golpe no adversário, sendo que você ficava bem caracterizado, fazia aquecimento e tudo mais para a competição!

4. “Salto para a morte” na cova de Cemitério Maldito

Já havíamos comentado neste post o quanto poderia ser assustadora a experiência. Só não imaginava que a fila fosse ficar tão grande, com tantas pessoas loucas para se jogar numa cova de bolinhas e ainda sair na foto, com o nome na cruz.

5. Uma viagem espacial com os Homens de Preto

Além de posar com alienígenas, agentes de preto armados, o público ainda poderia fazer uma viagem intensa por uma imensa nave espacial para enfrentar alienígenas. Quer dizer, acho que acontece assim. Não lembro muito bem porque um acessório para apagar lembranças ao término da experiência…

Disputa musical (dança e canto), tirar uma espada de uma pedra para se tornar rei, posar ao lado de personagens, passear por casas assombradas (Annabelle, It – A Coisa e A Maldição da Chorona), visitar a casa de Stranger Things, a escola do Professor Xavier, o banco de A Casa de Papel, ser queimado numa fogueira de bruxas, servir de inspiração para desenhos, participar de gravações de canal….

Com certeza, a CCXP proporciona muita diversão e aventura! Confira algumas imagens abaixo, além de outras em nossas redes sociais!

(Visited 186 times, 1 visits today)
Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. É autor do livro "Medo de Palhaço", além de ter participado de várias antologias de horror!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien