Existe en Blanc traz serial killer obcecado por sutiãs

Blier publicou Existe en Blanc em 1998
Blier publicou Existe en Blanc em 1998

O cineasta e escritos francês Bertrand Blier vai dirigir a adaptação para os cinemas de seu livro Existe en Blanc, obra de humor negro que trata de um serial killer obcecado por sutiãs. Publicado em 1998, o livro segue a linha de Coquetel de Assassinos, filme icônico dirigido por Blier e lançado em 1979.

Produzido pela Les Films du Worso de Sylvie Pialat e pela Rectangle Prods de Edouard Weil, o filme trará no elenco Maiwenn (Alta Tensão), Benoît Poelvoorde (Coco Antes de Chanel), Anaïs Demoustier (Elles) e Grégory Gadebois.

Quando menino, Baudouin Treuttel desenvolveu uma paixão por sutiãs femininos, que o levava a suspirar em frente às vitrines de lojas de lingerie. Sua família é ainda mais estranha. Seu pai se recusa a falar e ouvir e não sai de seu escritório ou de seu carro. Sua mãe é uma bela e frágil mulher que desaparece regularmente em seu quarto. Há ainda Mathilde, a moça da limpeza da casa que o ensina ao garoto sobre os fatos da vida. Baudouin também anda por aí com um misterioso sotaque belga que surge do nada, e, aos poucos, começa a assassinar as amantes que ousam tirar o sutiã na sua frente.

(Visited 16 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien