De volta ao inferno no trailer de Doom: Annihilation

Em 2005, Doom – A Porta do Inferno veio com a proposta de adaptar de maneira muito próxima a famosa série de jogos de mesmo nome. Dirigido por Andrzej Bartkowiak, o longa trazia em seu elenco Dwayne Johnson e Karl Urban, e uma interessante cena em primeira pessoa, dividindo opiniões. Desde então, muita espera por continuações e nada realmente concreto até…este ano.

A Universal Pictures disponibilizará ao público, em mídia digital e sistemas em demanda, o filme Doom: Annihilation, de Tony Giglio (de Pânico na Floresta 2, 2007 – não pertencente à série Wrong Turn), no dia 1 de outubro, para casar com a estreia do novo jogo, Doom: Eternal em 22 de novembro.

Confira a sinopse e o trailer:

Na lua mais escura de Marte, os cientistas encontram um portal que permite o transporte para qualquer lugar do universo. Considerada a maior descoberta da humanidade, na verdade trata-se de uma porta de entrada para o Inferno, libertando uma horda de demônios que buscam roubar a alma de todos que estão pelo caminho. Cabe ao tenente Joan Dark e uma unidade de elite de fuzileiros navais a missão de destruir as criaturas antes que elas dominem o Planeta Terra.

(Visited 751 times, 1 visits today)
Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. É autor do livro "Medo de Palhaço", além de ter participado de várias antologias de horror!

6 comentários em “De volta ao inferno no trailer de Doom: Annihilation

  • 14/09/2019 em 13:06
    Permalink

    Pessoal, ali sobre o parênteses q ele fez, pânico na floresta 2 do Tony Giglio (Timber Falls) n faz parte da saga Wrong Turn? É isso msm?

    Resposta
    • Marcelo Milici
      14/09/2019 em 17:39
      Permalink

      Oi, Wesley! Tudo bem?

      Timber Falls foi lançado por aqui como Pânico na Floresta 2, mas não é continuação de Wrong Turn. A parte 2 de Wrong Turn chegou até nós como Floresta do Mal. Bagunça, né?

      Abs

      Resposta
  • 28/08/2019 em 17:12
    Permalink

    Resumindo, ao invés de ficar no genero de ficcção cientifica PURA do primeiro filme, pegaram uma sinopse mais aproximada do jogo de video game, que inovou ao misturar ficção cientifica pura com terror sobrenatural.

    Resposta
  • 26/08/2019 em 21:39
    Permalink

    Por quê é tão difícil fazer um filme parecido com o game, basta pegar o Doom 3 que é bem terror, muito escuro e seguir o roteiro, não tem como dar errado, eu fico imaginando o que se passa na cabeça dos roteiristas, mudam tudo, fazem muitas vezes uma história que não tem nada haver com os filmes.

    Resposta
  • 26/08/2019 em 05:52
    Permalink

    “Joan Dark” – HUHIAHIUAHIUEAHAIUHAIU alguém envolvido na produção achou isso genial mesmo?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien