A volta de um lobo vingativo no thriller HUNTER HUNTER

0
(0)

Filmes com animais assassinos sempre despertam um grande interesse, desde Tubarão, do Spielberg – o subgênero é anterior, mas a popularização veio com esse clássico. De lá para cá, muitas produções foram realizadas, com os mais diversos animais servindo como inimigos em confrontos desiguais em ambientes variados. E o que difere HUNTER HUNTER, dos demais longas, se o vilão da vez parece ser um simples lobo voraz? Na verdade, não é bem assim e o trailer, deixa transparecer algumas pistas.

Com direção e roteiro de Shawn Linden, o enredo traz uma família que vive em uma região selvagem remota, que ganha a vida como caçadores de peles. Joseph Mersault (Devon Sawa, de Premonição, 2000), sua esposa Anne (Camille Sullivan) e sua filha Renée (Summer H. Howell, de O Culto de Chucky, 2017)  lutam para sobreviver e pensam que suas armadilhas estão sendo caçadas pelo retorno de um lobo rebelde. Determinado a pegar o predador no ato, Joseph deixa sua família para trás para rastrear o lobo. Anne e Renée ficam cada vez mais ansiosas durante a ausência prolongada de Joseph e lutam para sobreviver sem ele. Quando eles ouvem um barulho estranho fora de sua cabana, Anne espera que seja Joseph, mas em vez disso encontra um homem chamado Lou (Nick Stahl), que foi gravemente ferido e dado como morto. Quanto mais Lou fica e Joseph está fora, mais paranoica Anne fica.

HUNTER HUNTER está previsto para estrear nas plataformas digitais no dia 18 de dezembro. Confira o trailer:

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 297 times, 1 visits today)

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.