Slasher austríaco PARTY HARD DIE YOUNG está nas plataformas digitais

5
(1)

Ver alguém sendo perseguido por um assassino mascarado até encontrar seu destino na ponta de uma faca tem sido bastante raro nos cinemas atualmente. Você talvez se lembre da nova trilogia com Michael Myers, com a estreia do segundo esse filme este ano, e do recente Freaky – No Corpo de um Assassino, além da ansiedade pela volta de Ghostface em Pânico 5. Mas a fonte vermelha está cada vez mais escassa.

Por isso, talvez – só talvez mesmo – exista um interesse por filmes como o austríaco PARTY HARD DIE YOUNG, de Dominik Hartl. Realizado em 2018, o filme chegou à plataforma Shudder no ano seguinte, mas ainda não teve seu lançamento por estas bandas. Com uma avaliação mediana, confesso que não me empolguei muito pelo trailer no ritmo LSD e pelas cenas plásticas de perseguição aos jovens acéfalos.

Disponível também nas plataformas digitais Filmin e Google Play, o enredo de Robert Buchschwenter e Karin Lomot mostra um grupo de formados, distantes da Croácia, a caminho de uma comemoração do que pode ser a festa de suas vidas. No entanto, para Julia e seus amigos, a viagem de fim de ano se transforma em uma de horror, tanto que pode ser que alguns deles não retornem para casa.

Confira o trailer:

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 155 times, 1 visits today)

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.