Possível remake de NOSFERATU, dirigido por Robert Eggers, pode ter Anya Taylor-Joy no elenco

0
(0)

Já faz alguns anos que Robert Eggers, diretor de A Bruxa e O Farol, é mencionado como um possível diretor para um remake do clássico filme de vampiro Nosferatu. E, juntamente com o nome do cineasta, o nome da atriz Anya Taylor-Joy (A Bruxa, The Northman) também sempre era mencionado para estrelar o filme.

Já se passaram anos desde a última atualização sobre esse projeto e nem mesmo o próprio Eggers parecia mencionar o filme em suas entrevistas, e muitos especularam que o filme provavelmente jamais sequer sairia do papel.

Bom, mas talvez para aqueles interessados em ver como seria Nosferatu nas mãos do diretor de A Bruxa e O Farol, as notícias são animadoras. Em recente entrevista divulgada pelo jornal estadunidense LA Times, o projeto, ao lado de Eggers, já parece fazer parte da agenda da atriz.

De acordo com o site, “a agenda da atriz está completamente cheia pelos próximos dois anos e meio, começando em breve com The Menu, uma comédia de humor ácido sobre a exótica cultura da culinária dirigida por Mark Mylod, e depois seguindo no próximo ano com Furiosa, a prequela de George Miller para Mad Max: Estrada da Fúria. E depois disso ela irá se reunir com o diretor de O Gambito da Rainha, Scott Frank, para o thriller Laughter in the Dark, e com Robert Eggers para o remake do clássico de vampiros, Nosferatu, o novo projeto de uma parceria que começou em seu primeiro filme “real” como atriz, o incrível horror A Bruxa, de 2016.”

Apesar desta agenda ter sido divulgada pelo LA Times, não existe nenhuma confirmação por parte de estúdios ou até mesmo de Eggers sobre o remake de Nosferatu, e vale aguardar para mais informações.

O filme mudo de 1922 acompanha o vampiro Conde Orlok, que quer comprar uma casa na Alemanha e se apaixona pela esposa do corretor de imóveis. Foi uma adaptação não oficial de Drácula, de Bram Stoker, e Werner Herzog dirigiu um remake de 1979.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lucas Crizza

Motion designer, apaixonado por tudo que envolve o mundo do horror. Quando criança descobriu a seção de terror nas videolocadoras e nunca mais foi o mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.