O Observador (2000)

O Observador (2000)

O Observador
Original:The Watcher
Ano:2000•País:EUA
Direção:Joe Charbanic
Roteiro:Darcy Meyers, David Elliot, Clay Ayers
Produção:Christopher Eberts, Nile Niami, Jeff Rice
Elenco:James Spader, Keanu Reeves, Marisa Tomei, Ernie Hudson, Chris Ellis, Robert Cicchini, Jenny McShane, Joseph Sikora, Jillian Peterson

Nunca é fácil. Você passa pela porta e eles nunca estão ali sentados, te esperando com um sorriso de boas vindas no rosto. Você sabe que eles vão te sacanear, mas tem que fazer o melhor possível… O tempo acabou.
Joel Campbell, agente do FBI

Os filmes que apresentam violentos assassinos em série como assunto principal em seus argumentos fazem parte de mais uma interessante temática dentro do fascinante cinema de Horror. Como existe uma infinidade de produções que já exploraram à exaustão essas ideias básicas, as histórias sobre serial killers raramente conseguem trazer alguma originalidade ao estilo, com os diversos filmes se parecendo muito entre si. É o caso também de O Observador (The Watcher, 2000), filme de estreia (e o único até agora) do desconhecido diretor Joe Charbanic, que traz um elenco acima da média com James Spader, a bela Marisa Tomei e o popular Keanu Reeves.

O Observador (2000) (1)

O Observador entrou em cartaz nos cinemas brasileiros em março de 2001, e foram e continuam sendo produzidos tantos filmes com história similar nos últimos anos que o tema perdeu um pouco de sua intensidade, com o interesse por esses thrillers se desgastando inevitavelmente. Após o bem sucedido Seven – Os Sete Crimes Capitais (95), com Morgan Freeman e Brad Pitt, vieram em seu rastro O Principal Suspeito (98), com Nick Nolte, Ressurreição – Retalhos de Um Crime (99), com Christopher Lambert, O Colecionador de Ossos (99), com Denzel Washington e Angelina Jolie, entre outros, e todos explorando as conturbadas relações psicológicas entre o assassino psicopata e seus perseguidores implacáveis, policiais determinados e também exaustos, próximos de um colapso físico e mental.

A história de O Observador está centrada no duelo particular entre um sádico e frio assassino de mulheres, David Allen Griffin (Keanu Reeves), e um agente do FBI, Joel Campbell (James Spader). Após três anos no caso e com o fracasso de não conseguir evitar a morte de onze vítimas em Los Angeles, incluindo de Lisa (Yvonne Niami), uma namorada que morreu queimada graças a um erro seu (fato que o atormenta em constantes pensamentos de flashbacks), o policial Campbell decidiu se mudar para Chicago, deixando a investigação e tentando se curar de uma perturbação mental que só é amenizada com a ingestão de fortes medicamentos. Ele faz duas sessões de terapia por semana com a psiquiatra Dra. Polly Beilman (a bela Marisa Tomei), onde tenta exorcizar seus demônios, vivendo uma vida atormentada pelo vício em remédios, a solidão, o sentimento de culpa e a incapacidade de deter o serial killer.

Porém, o assassino, um exímio e inteligente observador, que estuda detalhadamente o perfil e rotina de suas vítimas, mulheres jovens e solitárias, vem atrás de Campbell e passa a atacar em Chicago, despertando a atenção da polícia local ao iniciar um jogo mortal enviando sempre uma foto da futura vítima e estabelecendo para a polícia o curto prazo de 24 horas para localizar a mulher antes de sua morte.

Uma vez o psicopata incitando Campbell a voltar para o caso e fazer parte novamente do jogo psicológico, o agente aceita o desafio e com a ajuda de dois parceiros do FBI, Hollis (Chris Ellis) e Mitch (Robert Cicchini), eles partem para uma caçada desesperada contra o tempo na tentativa de evitar o assassinato anunciado de duas mulheres, a funcionária de uma loja de shopping, Ellie (Louise Smith), e uma moradora de rua, Jessica (Jill Peterson). Após uma série de perseguições, correria, tiroteios, e mortes, o confronto final entre o assassino e o policial culmina com um clímax envolvendo também a psiquiatra Dra. Polly como escolhida para próxima vítima.

O Observador (2000) (3)

O Observador é apenas mais um filme comum do gênero serial killer, não conseguindo despertar um interesse maior ou ser empolgante acima da média em sua história de eterna perseguição entre assassino e policial. Existem várias boas sequências de ação como barulhentas perseguições de carros, além também de alguns momentos tensos de suspense psicológico, mas nada tão relevante que não se esqueça rapidamente. São poucas mortes e o assassino poderia ser bem mais insano e cruel, além do fato de que Keanu Reeves não parece muito entusiasmado em sua atuação (curiosamente ele também fez outro papel de homem violento em O Dom da Premonição, 2001, de Sam Raimi). Do trio principal de protagonistas, a atriz Marisa Tomei também não está muito inspirada como uma psiquiatra que só tem ao seu favor o fato de ser uma mulher muito bela, e somente James Spader parece convencer como um policial atormentado e viciado em remédios, conseguindo evidenciar em alguns momentos o sufocante sentimento de stress de seu personagem.

Um furo considerável no roteiro é quando uma das vítimas do assassino observador é apresentada como uma jovem foragida de casa e moradora de rua, que em nenhum momento desperta veracidade pois é muito bonitinha e limpinha como alguém que vive pedindo esmolas e dorme em becos escuros de uma grande cidade. Outro detalhe negativo é o super previsível desfecho, resolvido numa sequência muito rápida e que poderia ser melhor desenvolvido, intensificando mais o confronto psicológico entre o assassino e o policial.

Seguem algumas informações sobre o elenco principal. Keenu Reeves nasceu em 1964 na cidade de Beirute, Líbano, e ficou muito conhecido ao fazer o papel de Neo na trilogia de FC Matrix. Outros filmes de horror e ficção de sua carreira são Drácula de Bram Stoker (92), O Advogado do Diabo (97), Constantine (2005) e o remake de O Dia em que a Terra Parou (2008). James Spader nasceu em 1960 no Estado americano de Massachusetts, e com uma carreira de mais de 40 filmes, no gênero fantástico já atuou na FC Stargate e no horror Lobo (ambos de 94), além de Crash – Estranhos Prazeres (96), Supernova (2000), Contato Alienígena (2003), A Sombra do Medo (2004) e A Pedra Mágica (2009). Já Marisa Tomei, nascida em 1964 em New York, é mais conhecida como comediante em filmes como Tratamento de Choque (2003), e curiosamente ela participou de forma não creditada numa ponta no obscuro O Vingador Tóxico (The Toxic Avenger, 1985), divertida produção trash da Troma, de Lloyd Kaufman.

(Visited 310 times, 1 visits today)
Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

5 comentários em “O Observador (2000)

  • 23/04/2014 em 18:49
    Permalink

    Pessoalmente, eu achei um filme bacana. Bem construído.
    Quem poderia imaginar de Keanu Reeves, um mocinho, poderia se tornar um grande serial killer?! Muito boa escolha. James Spader também prova que continua um grande ator e Marisa Tomei também está perfeita.
    Bom filme.

    Resposta
  • 07/03/2014 em 14:07
    Permalink

    Dá para sentir a má vontade do Keanu no filme inteiro, até mesmo na cena da dancinha cafona do final! hahaha

    Resposta
  • 06/03/2014 em 09:45
    Permalink

    Em entrevista, Keanu Reeves disse que esse foi um filme que ele se arrependeu de fazer. Daí você vê o nível da produção.

    Resposta
    • 06/03/2014 em 20:48
      Permalink

      hahaha,tbm soube dessa entrevista,mas eu até gosto desse filme, é bem trash,mas dá pra se diverti um pouco,principalmente quando o Keanu Reaves dança ao som de Rob Zombie no começo do filme, é impagável 🙂

      Resposta
  • 06/03/2014 em 00:28
    Permalink

    Eu lembro de ter assistido esse filme na minha infância, mas não assistiria hoje novamente.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien