The Wretched (2019)

The Wretched
Original:The Wretched
Ano:2019•País:EUA
Direção:Brett Pierce, Drew T. Pierce
Roteiro:Brett Pierce, Drew T. Pierce
Produção:Ed Polgardy, Chang Tseng
Elenco:John-Paul Howard, Piper Curda, Jamison Jones, Azie Tesfai, Zarah Mahler, Kevin Bigley, Gabriela Quezada Bloomgarden, Richard Ellis, Blane Crockarell

Desde Janela Indiscreta, de Alfred Hitchcock, não é possível observar o vizinho sem desconfiar de suas atitudes suspeitas. Mas, foi em 1985, com A Hora do Espanto, que esse comportamento voyeur adquiriu um tom sobrenatural e divertido. Depois vieram muitas outras cópias como o thriller Paranóia e até refilmagens do longa de Tom Holland, mas foi somente com The Wretched que o resgate foi mais bem sucedido. Claro que não se trata de mais um clássico com viés oitentista com personagens riquíssimos como Peter Vincent (o excepcional Roddy McDowall), mas é possível que você não se incomode com o pesadelo de um jovem ao perceber que sua bela vizinha possa ser uma entidade maligna.

Depois uma introdução arrepiante que mostra uma babá chegando para cuidar de uma criança para descobrir que ela está sendo devorada pela mãe, The Wretched começa apresentando o jovem Ben (John-Paul Howard), rumo à casa de seu pai Liam (Jamison Jones), recém-divorciado, para ajudá-lo no trabalho na região do porto, no cuidado de embarcações. Entre a paquerinha com a Mallory (Piper Curda) e a relação aparentemente boa com o pai, Ben aos poucos começa a notar algo estranho na vizinhança. A vizinha Abbie (Zarah Mahler), depois de ajudar a abrir um cervo, liberou um ser que habita o lado mais profundo da natureza, e que irá roubar sua pele para alcançar as crianças locais.

Como Charley Brewster, Ben começa a observar as ações dos vizinhos, logo após um dos filhos, Dillon (Blane Crockarell), pedir ajuda para se esconder da mãe. Observando da janela ou do telhado e tendo o apoio descrente de Mallory, Ben não consegue convencê-la e nem ao próprio pai de que há um monstro que habita as proximidades. Ao pesquisar no The Witchipedia, o rapaz descobre que o A invertido encontrado na casa simboliza que se trata de uma bruxa milenar, capaz de fazer com que os pais e conhecidos da criança sequestrada simplesmente esqueçam da existência dela. E seu poder também envolve o de “criar zumbis“, pessoas que agem friamente, obedecendo aos seus desejos, como também tinha o vampiro Jerry Dandrige.

Com direção e roteiro dos irmãos Brett e Drew T. Pierce (The Pierce Brothers), de Amor Zumbi (2011), The Wretched se constrói de maneira leve e interessante, com uma intensidade no último e empolgante ato. Contando com bons efeitos especiais e de maquiagem, ainda que a sequência final seja bastante inverossímil, reserva para os fãs de horror um momento claustrofóbico no interior de uma caverna subterrânea, habitat natural da bruxa com sua aparência original. E o roteiro também traz uma boa surpresa no final, algo bastante improvável que o infernauta, até os mais acostumados com o gênero, consiga prever.

Sem muitas pretensões, The Wretched traz boas doses de entretenimento e ótimas referências, valendo uma conferida.

(Visited 1.979 times, 9 visits today)
Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. É autor do livro "Medo de Palhaço", além de ter participado de várias antologias de horror!

Um comentário em “The Wretched (2019)

  • 22/08/2020 em 20:20
    Permalink

    Li a crítica, fui ver o filme e gostei!!! Bem
    Construído, sem muitos sustos falsos, um dos melhores dos últimos anos

    Resposta

Deixe uma resposta para Paulo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *