A Noite do Tigre (2020)

5
(5)
A Noite do Tigre
Original:The Night Tiger
Ano:2020•País:EUA
Autor:Yangsze Choo•Editora: DarkSide Books

O sudeste asiático, além de locais e cultura riquíssimos, é rodeado por lendas místicas e misteriosas, como por exemplo a lenda dos homens-tigre.  Em cada país, a lenda difere, mas sua essência é a mesma: Homens que se transforam em tigres, seja por feitiçaria, hereditariedade ou até mesmo por alguma maldição. Alguns lugares dizem que esses tigres protegem plantações, enquanto outros dizem que são perigosos para o gado e podem virar devoradores de humanos.  Na Malaia, acredita-se que a alma de um ancestral pode reencarnar como um tigre – animal adorado em toda a Ásia -, tendo muitas vezes o papel de disciplinador.

Há também a crença de que, se o seu corpo não estiver intacto no momento de sua morte, a pessoa não descansará em paz e virará um espírito vingativo após o 49º dia, tempo no qual a alma deixa definitivamente o corpo. Com a carne completa, o espírito poderá seguir seu caminho no pós vida em paz.

Yangsze Choo uniu a riqueza cultural da Malaia aos seus mistérios e toque único para o sobrenatural para dar vida ao livro A Noite do Tigre, publicado pelo selo Darklove, da DarkSide Books.

Ren, uma esperta criança de apenas 12 anos, não teve uma vida fácil até então, e agora seu mestre está morrendo. Utilizando suas últimas forças, o homem pede a Ren que procure seu dedo, perdido há muitos anos, e enterre-o em seu túmulo antes que os 49 dias de sua alma na Terra termine. Sendo assim, correndo contra o tempo, o jovem parte em uma perigosa busca, onde encontrará segredos e obstáculos que jamais poderia imaginar.

Paralelamente a essa curiosa jornada, conhecemos Ji Lin, uma moça que trabalha como aprendiz de costureira e também como dançarina em um salão, fato que esconde a todo custo de sua família e conhecidos, por ser algo considerado extremamente desonroso para uma mulher, assim como diversas outras profissões na Malaia de 1931. Por exemplo, não era de bom tom que uma moça jovem e solteira fosse enfermeira, pois estaria tocando em outros homens. Tais coisas só eram permitidas caso a mulher seja estrangeira (por ser uma colônia inglesa, havia muitos estrangeiros) ou com o aval de seu marido.

O único motivo para Ji Lin trabalhar naquele salão é quitar as dívidas de mahjong de sua mãe antes que seu padrasto descubra. Durante seu 44º dia trabalhando no local, um número considerado de azar para os chineses devido a sua pronúncia, algo bizarro acontece com ela. Um estranho vendedor a tira para dançar e, em certo momento, Ji Lin acaba pegando um pequeno frasco que estava em seu bolso por acidente. O vendedor parte antes que ela tenha a chance de devolvê-lo e acaba olhando seu conteúdo. Dentro, estava um dedo seco e amputado.

A história é cheia de subtramas, revelando personagens muito completos e complexos, até mesmo os secundários, cada um com seus dramas e ambições, tendo suas vidas perfeitamente entrelaçadas, e esse entrelace é revelado sutilmente página após página.

Choo utiliza a filosofia de Confúcio, que consiste em buscar o equilíbrio da vida e conseguir a harmonia entre a vida  e o universo. Para isso, as cinco virtudes essenciais, chamadas de virtudes do Confucionismo, são: sabedoria (Zhi), benevolência (Ren), retidão (Yi), ordem (Li) e integridade (Xin). Curiosamente, nessa ideologia não se acredita em vida após a morte, porém, a autora conseguiu mesclar o Confucionismo com leves toques de magia e sobrenatural, fazendo com que toda a trama ficasse brilhantemente misteriosa e profunda.

Sua escrita é fluida e atiça a leitura, as reviravoltas são surpreendentes e, o que mais impressiona, é a forma como todas as peças se encaixam, sem deixar nada de fora, nos presenteando com um final tão satisfatório quanto toda a trajetória.

Com lendas e crenças enigmáticas e uma pitada de sobrenatural, unindo o fantasioso com o cotidiano, A Noite do Tigre é uma rica e fantástica viagem pelos costumes e cultura malaia.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 383 times, 1 visits today)

Louise Minski

Um experimento de Schrödinger entediado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.