10 melhores discos lançados em 2020

5
(6)

O ano de 2020 foi, no mínimo, atípico. A pandemia do covid-19 virou o mundo de cabeça pra baixo e desestruturou o convívio em sociedade por um período que ainda está incerto, mas em meio a esse caos que envolve confinamento, instabilidade e ansiedade, mesmo com todas as dificuldades que envolvem a gravação de um disco, muitas bandas lançaram material neste ano. Umas lançaram faixas que já estavam gravadas desde o ano passado, outras gravaram 100% em home studio e algumas gravaram em estúdio terceirizado, aplicando todas as medidas de segurança.

Outra característica marcante deste ano foi o aumento no consumo de conteúdo musical, incluindo o heavy metal, em todos os formatos. Crescimento no acesso às plataformas digitais e crescimento também na aquisição de mídias físicas. A desvantagem maior foi a interrupção no funcionamento das casas de shows, demanda que foi suprida parcialmente pelas transmissões ao vivo, mas sabemos que nada se compara à experiência de assistir um show presencialmente.

Fazer uma seleção de apenas dez álbuns lançados em um ano é uma missão muito ingrata porque sempre deixamos de fora um caminhão de boas bandas, como é o caso de Temple of Void, Alchemia, Cult of Horror, Benediction, Vader, Chronic Ashes, Isengard, Expurgo, Skeletal Remains, Sepulchral Voice, Coagulate, Social Chaos, Draconian, Trachoma, The Damnation, Cruento, dentre outras que gravaram em 2020 e não estão nesta lista. Mas a proposta aqui é escolher somente dez, portanto, são eles (ordem alfabética – banda):

Bastard Priest – Vengeance of the Damned (Suécia, Death Metal)

Bütcher – 666 Goats Carry My Chariot (Bélgica, Heavy/Speed Metal)

Dopelord – Sign of The Devil (Polônia, Stoner/Doom)

Double Cross – Obey thy Master (Brasil, Heavy Metal)

Gruesome Stuff Relish / Offal – Unburied Repugnance (Espanha / Brasil, Splatter Death Metal)

Konvent – Puritan Masochism (Dinamarca, Stoner/Doom)

Necrot – Mortal (Estados Unidos, Death Metal)

Selbst – Relatos de Angustia (Venezuela, Black Metal)

Septage – Septic Decadence (Dinamarca, Splatter Death Metal)

Ulcerate – Stare into Death and Be Still (Nova Zelândia, Death Metal)

Para o ano que vem, algumas bandas já estão com material engatilhado, como é o caso do The Evil, Vazio, Xico Picadinho, Fecal Devastation, dentre outras. Certamente teremos um ano proveitoso para a horripilância sonora, pelo menos com relação aos discos de estúdio. Vamos torcer para que a situação do mundo se regularize o quanto antes e com isso matar a saudade de ir aos shows, sentir o som pelando nas apresentações ao vivo. Keep horror alive!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 503 times, 1 visits today)

Juliano Jacob

Editor do IG Livros Insanos, colunista da Goblin TV e criador do projeto death/doom H.O.R.R.O.R

2 thoughts on “10 melhores discos lançados em 2020

  • 21/01/2021 em 23:12
    Permalink

    Butcher é fodastico…valeu pela lista. Não conhecia selbst

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.