O Segredo de Marrowbone (2017)

0
(0)

O Segredo de Marrowbone
Original:Marrowbone
Ano:2017•País:Espanha
Direção:Sergio G. Sánchez
Roteiro:Sergio G. Sánchez
Produção:Belén Atienza, Álvaro Augustin, Ghislain Barrois, J.A. Bayona
Elenco:George MacKay, Anya Taylor-Joy, Charlie Heaton, Mia Goth, Matthew Stagg, Nicola Harrison, Kyle Soller, Tom Fisher, Robert Nairne

Qual é o segredo dos Marrowbones? O que eles escondem no sótão de sua nova morada? Esses questionamentos irão atiçar os infernautas que simplesmente assistirem ao trailer da estreia na direção do roteirista de O Orfanato, Sergio G. Sánchez. O elenco, composto por rostos jovens mas conhecidos como o de Mia Goth (A Cura, 2016), Anya Taylor-Joy (A Bruxa, 2015, Fragmentado, 2016), Charlie Heaton (Refém do Medo, 2016) e George MacKay (da série 11.22.63, 2016), e o clima soturno e gótico também servirão para ampliar o interesse. Mas, será que as expectativas serão atendidas?

Com um viés de Guillermo Del Toro, ao construir um enredo com elementos de drama e fantasia, O Segredo de Marrowbone traz uma família inglesa buscando refúgio numa casa rural americana, temendo que alguém a alcance. Jack (MacKay) e seus três irmãos – Billy (Heaton), Jane (Goth) e o caçula Sam (Matthew Stagg) – se estabelecem nesse casarão, em companhia da mãe doente, em busca de um recomeço. Quando ela falece, eles prometem não se separar sob nenhuma hipótese e ainda esconder a tragédia da população até que o mais velho complete 21 anos e possa assumir o controle da morada.

Um dia, eles conhecem a vizinha Allie (Taylor-Joy), curiosamente escondida numa pedra conhecida como “olho da caveira“, apresentando-se como a bruxa vermelha (uma referência ao filme que a despertou para o sucesso). A atração entre Jack e a garota é inevitável, provocando o ciúmes de um rapaz da cidade, o advogado Tom Porter (Kyle Soller), que irá descobrir sobre o passado da família e tentará usar as informações contra eles. Contudo, dois fatores perturbam o espectador curioso: por que eles escondem e cobrem todos os espelhos da casa? O que há no sótão e parece ameaçar a família?

Sánchez explora os cantos escuros da casa e o olhar assustado dos familiares. A perseguição aos dados de um jogo A Lenda de Charlie, ou a ousadia ao entrar no quarto da mãe se transformam em momentos aterrorizantes, assim como a missão de resgate de um item valioso pela chaminé. O cineasta estabelece um contraponto com o romantismo do jovem casal, na comunicação via código morse, e nos conflitos caseiros, devido às diferenças gritantes de personalidade. Allie se encanta pelos Marrowbone e passa a ser a principal conexão com o público, também curioso pelos mistérios envolvidos.

Se a revelação do segredo acontece de maneira desnecessariamente didática – na perspectiva do “quer que eu desenhe?” -, pelo menos o que é revelado surpreende, tornando-se improvável que alguém desvende antes da conclusão. Não é nada que o deixará perplexo, principalmente para os calejados fãs de horror, remetendo a diversas outras obras que não podem ser mencionadas aqui, mas é interessante, triste e poético, funcionando como uma bela metáfora da inconsciência. Com boas atuações e uma curiosa atmosfera trágica, O Segredo de Marrowbone é um terror dramático que merece sua disposição, prometendo permanecer com você por um bom tempo.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

(Visited 11.411 times, 1 visits today)

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

6 thoughts on “O Segredo de Marrowbone (2017)

  • 31/08/2020 em 22:13
    Permalink

    Gostei do filme. Vale a pena assistir, recomendo.

    Resposta
  • 07/05/2018 em 14:19
    Permalink

    É um filme bom e surpreendente, apesar de ser fraco no quesito medo e tensão. A história intrigante já vale a conferida.

    Resposta
  • 09/04/2018 em 13:20
    Permalink

    gostei bastante, mas perdi um pouco o elo com o filme quando um determinado personagem faz várias vozes, nada que estrague, mas tirou a imersão e ficou um pouco tosco.

    Resposta
    • 09/10/2020 em 12:40
      Permalink

      Ótimo filme, vale a pena ver.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.