A Casa dos Sonhos (2011)

4.3
(3)

A Casa dos Sonhos
Original:Dream House
Ano:2011•País:EUA
Direção:Jim Sheridan
Roteiro:David Loucka
Produção:Daniel Bobker, Ehren Kruger, David C. Robinson, James G. Robinson
Elenco:Daniel Craig, Rachel Weisz, Naomi Watts, Elias Koteas, Marton Csokas, Taylor Geare, Claire Geare, Rachel G. Fox, Jane Alexander, Brian Murray, Bernadette Quigley

A HBO Max tem disponibilizado ao assinante vários filmes e séries do catálogo da Warner. É uma oportunidade incrível para ver ou rever alguns ótimos filmes do estúdio. Para os fãs de suspense e terror, o cardápio é bem variado e há de clássicos como O Iluminado (1980), Poltergeist (1982) e O Exorcista (1973), até produções mais recentes como a trilogia Invocação do Mal (201320162021).

Na época de seu lançamento, A Casa dos Sonhos não fez muito barulho e realmente não havia me chamado a atenção. Agora, disponibilizado na plataforma, pensei: por que não?

Deveria ter ficado na ignorância… O elenco chamativo (Daniel Craig, Rachel Weisz e Naomi Watts) mais a direção do irlandês Jim Sheridan resultou num filme inversamente proporcional ao talento dos envolvidos. Rasteiro e extremamente mal realizado, o filme desperdiça uma boa produção com um roteiro risível cuja “grande” surpresa ocorre com 40 minutos de filme e o restante da projeção (que já estava lamentável) continua indo ladeira abaixo até um final burocrático.

Depois de assistir ao filme e ter ficado com essa impressão negativa, procurei informações e críticas da época. Descobri assim que o estúdio mexeu muito na montagem totalmente à revelia do diretor que, insatisfeito com o produto final, pediu até para tirar o seu nome dos créditos. Jim Sheridan é um grande diretor e esse trabalho pífio realmente em nada lembra grandes filmes de sua autoria como Meu Pé Esquerdo (1989) e Em Nome do Pai (1993), ambos com Daniel Day-Lewis.

A história, bem, um executivo larga a vida agitada da cidade grande e se muda com sua família perfeita de comercial de margarina para um subúrbio americano perfeito de comercial de margarina para uma casa não tão perfeita assim, já que nela rolou um crime brutal no passado. Essa premissa e todas as soluções do roteiro requentam situações já exploradas com mais sucesso em outros filmes. Não vou dizer quais são esses filmes pois, ao citá-los, o leitor já mataria a reviravolta mais importante do longa (que não é nem tão difícil assim de descobrir…).

Não se deixem levar pela aparente qualidade da produção, não sejam pegos de surpresa iniciando a projeção no conforto do lar por mera curiosidade ou embriagados pelo charme do trio central. Definitivamente, A Casa dos Sonhos não vale a pena. Nem o 007 Daniel Craig conseguiu salvar essa parada…

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Ricardo Gazolla

Formado em Direito e trabalhando no setor privado, apaixonado por cinema desde a infância quando assistiu Os Goonies (1985) na tela grande. Sua predileção pelo horror começou um pouco depois ao conhecer em VHS A Hora do Pesadelo (1984), Renascido do Inferno (1987) e A morte do demônio (1981). Desde então o cinema se tornou um hobby, um vício socialmente aceito, um objeto de estudo, um prazer público e, agora, no site Boca do Inferno, uma forma de comunicação com as pessoas.

One thought on “A Casa dos Sonhos (2011)

  • 19/05/2022 em 04:51
    Permalink

    Só serviu pra juntar o Daniel e a Rachel e os dois se casarem 😂😂😂
    Vida longa ao casal, adoro os dois ✌️

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.