3.1
(16)

Carnaval Sangrento
Original:Carnaval Sangrento
Ano:2024•País:Brasil
Direção:Renan Cordeiro
Roteiro:Renan Cordeiro
Produção:Nykolas Reded
Elenco:Jonny Lopes, Pedrita Penna, Belle Mattos, Renan Morales, Anna Carolina, Vinicius Leduc, Angela Scholz, Nykolas Reded, Matheus Majchrovicz

Todos sabem que Pânico é a franquia que revitalizou o subgênero slasher, em decadência nos anos 90. Com seis filmes lançados, o título tem um histórico de sucesso entre o público, gerando dezenas de cópias (indiretas ou não!) sobre a saga do implacável assassino mascarado.

Utilizando-se do termo “Whodunnit” (expressão que significa “quem fez?“), Kevin Williamson o atribuiu a narrativas nas quais há um ou mais crimes e cabe aos personagens centrais da história descobrir quem os cometeu. Esse tipo de história costuma prender muito os espectadores, que não fecharão os olhos até que saibam “quem fez” (o crime, o assassinato, o roubo, a traição etc.).

Pegando uma carona no gênero, o jovem cineasta e publicitário curitibano Renan Cordeiro nos apresenta seu primeiro trabalho, Carnaval Sangrento, um curta-metragem de 48 minutos inteiramente gravado com celular e realizado com o trabalho voluntário de uma equipe de 20 pessoas. A pré-estreia do filme foi em um bar de Curitiba ligado à temática do terror, onde mais de 160 pessoas assistiram à exibição no local.

Com uma pegada no “queer horror“, o enredo se passa obviamente no Carnaval, enquanto um segredo assombra um grupo de jovens que precisa sobreviver a esta noite. Alguém sabe de algo que não deveria, e vai transformar o que seria uma festa em um massacre.

Renan não teve medo de explorar tanto as claras referências do filme original quanto a outros clássicos do horror, como Brinquedo Assassino, Psicose, Dia dos Namorados Macabro e outras pérolas do slasher, acrescentando também uma pitada generosa de termos e situações nas noites drag queen. Outro ponto super positivo foi não se render aos estereótipos atuais e colocar o queer-predador em evidência na trama.

O curta pode ser assistido na íntegra no Youtube:

 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.1 / 5. Número de votos: 16

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *