Colheita Sombria (2023)

5
(5)

Colheita Sombria
Original:Dark Harvest
Ano:2023•País:EUA
Direção:David Slade
Roteiro:Michael Gilio, Norman Partridge
Produção:David Manpearl, Matt Tolmach
Elenco:Casey Likes, Emyri Crutchfield, Dustin Ceithamer, Alejandro Akara, Ezra Buzzington, Jeremy Davies, Elizabeth Reaser, Luke Kirby, Austin Autry, Megan Best, Jake Brennan

A premissa desse longa é o que mais me chamou a atenção: numa cidade pequena do interior dos EUA, todos os anos uma entidade chamada Jack Dentes de Serra ganha vida e, para impedir que ele alcance a igreja e com isso, prejudique a colheita de grãos da região, os adolescentes são convocados a matar esse mal. Dois dias antes da data em que o monstro aterroriza a cidadezinha, esses adolescentes são confinados sem água e sem comida para, quando libertos, partirem para captura sedentos de fome, a ponto de comerem o dito cujo. O jovem responsável pela morte é reverenciado como herói, ganhando festa, dinheiro, uma casa luxuosa e um carro para pegar a estrada, viajar e, quem sabe, nunca mais voltar para esse lugar perdido e amaldiçoado

O filme inicia exatamente mostrando esse estranho ritual e o jovem matador ganhando a estrada, deixando para trás seu irmão mais novo, Richie (Casey Likes), bastante enciumado mas orgulhoso pela sorte do irmão. Há um corte para o ano seguinte, quando acompanhamos esse mesmo personagem querendo trilhar os passos do irmão, mesmo com a oposição dos pais e das autoridades locais, já que a família foi contemplada no ano anterior, o que pelas regras impediria que outro membro da família participasse desse evento macabro.

O elenco principal desconhecido não compromete e há espaço para atores mais tarimbados como Jeremy Davies (no papel do pai dos jovens) e Luke Kirby (interpretando um delegado meio maníaco) deixarem boa impressão com seus personagens.

O diretor David Slade, que tem no seu currículo o subestimado 30 Dias de Noite (2007) e o pouco lembrado Menina Má.Com (2005), é competente o suficiente para gerar momentos tensos e disfarçar bem a grana reduzida com que deve ter trabalhado, ambientando o filme em poucos espaços e com muita coisa acontecendo de noite. Ao contrário da pobre cenografia, o visual de Jack Dentes de Serra é simples mas produzido com esmero, tornando-o realmente uma figura amedrontadora.

Dito isso, não esperem arroubos criativos e nem muita lógica mas, dentre a imensa gama de produções caça níqueis de terror da Amazon Prime, Colheita Sombria se destaca pela premissa interessante e pela direção ágil que mantém o interesse do espectador, fazendo com que o filme seja um bom passatempo.  Mas somente isso, sem maiores pretensões.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Avatar photo

Ricardo Gazolla

Formado em Direito e trabalhando no setor privado, apaixonado por cinema desde a infância quando assistiu Os Goonies (1985) na tela grande. Sua predileção pelo horror começou um pouco depois ao conhecer em VHS A Hora do Pesadelo (1984), Renascido do Inferno (1987) e A morte do demônio (1981). Desde então o cinema se tornou um hobby, um vício socialmente aceito, um objeto de estudo, um prazer público e, agora, no site Boca do Inferno, uma forma de comunicação com as pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *