A Hora do Pesadelo nas Famosas Frases

Hora do Pesadelo (frases)

Qual é a frase mais famosa da história do cinema? Eu vou lhe fazer uma proposta que ele não pode recusar, de O Poderoso Chefão? Hasta la vista baby, de O Exterminador do Futuro 2? Toto, eu tenho a sensação de que não estamos mais no Kansas, de O Mágico de Oz? Que a força esteja com você, da saga Guerra nas Estrelas? Não, apesar de estarem entre as dez frases mais famosas do cinema, um levantamento feito pela American Film Institute classificou a frase Francamente minha cara, eu pouco me importo, de …E O Vento Levou como a frase mais famosa da história da sétima arte.

Mas tal fenômeno não é algo exclusivo dos clássicos de Hollywood ou de grandes blockbusters. E claro, o gênero terror também possui suas frases marcantes. Eles estão vindo te buscar Barbra, de A Noite dos Mortos Vivos; Eles estão aqui, de Poltergeist; Eu vejo gente morta, de O Sexta Sentido; O melhor amigo de um garoto é a sua mãe, de Psicose, entre tantos outros.

Mas aqui estamos falando de clássicos do gênero. E quanto aquelas produções mais populares, com várias sequências e que a crítica costuma torcer o nariz? Que tal pegarmos o exemplo de A Hora do Pesadelo. Sete filmes, sem contar Freddy Vs Jason ou o remake, a obra original de Wes Craven marcou o gênero na década de 1980 e popularizou o personagem Freddy Krueger como sinônimo de medo na hora de dormir.

E claro, como todas as produções do gênero, não apenas o vilão tornou-se famoso, como também seus personagens principais e coadjuvantes. Dos guerreiros dos sonhos da parte 3, passando até mesmo pelos adolescentes mais idiotas ou chatos das parte 5 e 6, cada um deu a sua contribuição, de forma negativa ou positiva, para a série.

Que tal revê-los? Não apenas a Heather Langenkamp, a Nancy dos Pesadelos 1, 3 e 7, ou a Lisa Wilcox, a Alice dos Pesadelos 4 e 5? Que tal rever os coadjuvantes, até mesmo aqueles que apareceram um minuto em cena? Mas que mesmo com pouco tempo em tela, tiveram sim a sua contribuição para a série. Melhor ainda é rever todos estes personagens inesquecíveis em um único vídeo e através de material gravado especialmente para este super encontro.

É exatamente isto que os fãs vão encontrar no vídeo Nightmare on Elm Street in 10 Minutes, disponível no youtube. O material é um presentão para os fãs. Dividido por capítulos, o curta é bastante curioso por vermos como alguns dos atores estão cerca de 20 ou 25 anos depois. Algumas atrizes não tão bonitas nos filmes estão bem melhores atualmente, enquanto que o oposto também acontece. Algumas ausências foram sentidas como Johnny Depp ou Patricia Arquete, além de uma rápida aparição de Robert Englund, o eterno Freddy.

Da Parte 1, temos claro Heather Langenkamp, sempre marcante com frases de alerta. Destaque também para Nick Corri, como Rod; Amanda Wyss, como Tina; John Saxon, como Donald Thompson. Mas a surpresa acaba sendo pelas aparições de Lin Shaye, que interpreta uma professora, além de Leslie Hoffman, a simpática menina feia que pergunta pelo passe da Nancy.

Nancy dizendo para a garota do corredor da escola que dane-se o passe
Nancy dizendo para a garota do corredor da escola que dane-se o passe

O reencontro da parte 2 é um dos mais curiosos por se tratar de um filme digamos, não muito popular entre fãs, embora seja um bom representante da franquia, apesar do final confuso… Erh, melhor não entrar no mérito de analisar o filme aqui… No Nightmare on Elm Street in 10 Minutes vamos reencontrar boa parte do elenco, com destaque para Clu Gulager, que interpreta o pai de Jesse. Como no filme ele praticamente está sempre gritando com o filho, aqui Gulager repete o jeito turrão do personagem. E falando em Jesse, alguém se lembra da dancinha (nada) sexy dele? Pois aqui o ator Mark Patton vai repetir os passos, com direito até a figurino especial.

Gulager: Jesse! Jesse!!! Jesse!!!!!! Enquanto isso Jesse ataca a amiguinha Lisa
Gulager: Jesse! Jesse!!! Jesse!!!!!! Enquanto isso Jesse ataca a amiguinha Lisa

A parte 3 é um festival de reencontros e torna-se um dos melhores momentos do vídeo pelo carinho dos fãs pelos guerreiros dos sonhos. Aqui temos Ken Sagoes, o Kincaid; Rodney Eastman, o Joey; Jennifer Rubin, a Taryn e até a veterana Priscilla Pointer, como a doutora Simms. Aqui temos até efeitos especiais quando Ira Heiden se transforma no mestre dos feiticeiros. Muito bom.

Taryn continua bonita e má. Joey finalmente grita ao final de A Hora do Pesadelo 3.
Taryn continua bonita e má. Joey finalmente grita ao final de A Hora do Pesadelo 3.

Para a Parte 4, temos algumas surpresas. Tuesday Knight , a mocinha Kristen Parker, surge cantando. Para quem não sabe, ela é, ou era, cantora e a música de abertura do filme, Running from this nightmare, é interpretação dela. Mas o que chama mais atenção não é a voz, mas os quilos a mais de Tuesday. Aqui temos Lisa Wilcox, que provavelmente foi a que melhor envelheceu do grupo. De todo o elenco, como não lembrar de Brooke Bundy, como a mãe de Kristen e seu jeito peculiar de tratar os problemas da filha.

Família Parker: Kristen cantando e a mãe Elaine mandando ela calar a boca. Andale!! Andale!!!!
Família Parker: Kristen cantando e a mãe Elaine mandando ela calar a boca. Andale!! Andale!!!!

Na parte 5, além da volta do casal Wilcox e Haseel, como Alice e Dan, algumas figuras igualmente marcantes, como Beatrice Boepple, como Amanda Krueger, Erika Anderson , como Greta e até Whit Hertford, que interpreta o bebê crescido Jacob.

É uma freira? Trata-se de Amanda Krueger observada pelo casal Dan e Alice.
É uma freira? Trata-se de Amanda Krueger observada pelo casal Dan e Alice.

Para a parte 6, temos Alice Kooper, como o pai adotivo de Freddy, Cassandra Rachel Friel, como a garotinha que aparece nos sonhos, uma estranha Lezlie Deane, que no filme interpretou a gata Tracy. A parte cômica fica a cargo de Liza Zane, com direito a óculos 3D original do filme, efeito 3D e a estranha cena da mão antes da conclusão Freddy is Dead.

Zane: Freddy is Dead e eu posso ver meus dedos em 3D. U-hu!!!!
Zane: Freddy is Dead e eu posso ver meus dedos em 3D. U-hu!!!!

Para O ótimo O Novo Pesadelo, temos mais uma vez Heather, a participação do próprio Wes Craven, além de David Newsom, tentando reproduzir nos mínimos detalhes a cena do carro; Tracy Middendorf, como Julie; Miko Hughes, como o filho de Heather, entre outros. Muito bom.

Hora do Pesadelo (frases) (7)
Miko Hughes: Almost there Heather, almost there…

E para terminar com chave de ouro, como deixar de fora Freddy Vs Jason? Aqui temos o menor número de atores do filme de volta, mas ao menos da para conferir Monica Keena , que foi a mocinha Lori.

Monica: Welcome to my world, bitch!!!!
Monica: Welcome to my world, bitch!!!!

Ficou curioso? Quer (re)ver todos estes atores e suas famosas frases. Confira no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=pk0FdkNazb8

(Visited 2.961 times, 2 visits today)
Filipe Falcão

Filipe Falcão

Jornalista formado e Doutor em Comunicação. Fã de filmes de terror, pesquisa academicamente o gênero desde 2006. Autor dos livros Fronteiras do Medo e A Aceleração do Medo e co-autor do livro Medo de Palhaço.

7 comentários em “A Hora do Pesadelo nas Famosas Frases

  • 02/09/2013 em 00:14
    Permalink

    Muito bom esse vídeo, nostalgia pura. Um presente aos fãs. Tuesday Knight está irreconhecível. Alguns envelheceram bem, já outros … Faltou Johnny Depp e Patrícia Arquette 🙁 Nightmare on Elm Street Forever.

    Resposta
  • 07/06/2013 em 16:51
    Permalink

    Caralho, alguns atores estão IRRECONHECÍVEIS. rsrs

    Sensacional esse vídeo. Nostalgia PURA!

    Resposta
  • 26/03/2013 em 01:33
    Permalink

    Que foda meu! Fiquei louco agora mais ainda! Sabe, eu acho que deveriam fazer uma coleçao de documentários dos filmes como o “His Name Is Jason”… Acho que Nightmare On Elm Street, Texas Chainsaw Massacre, Halloween entre outros. Ficaria muito shoooooow!

    Resposta
  • 25/03/2013 em 08:27
    Permalink

    Vale citar que esse vídeo faz parte do encerramento do maravilhoso documentário Never Sleep Again: The Elm Street Legacy, dirigido pelo produtor e roteirista Daniel Farrands, que alguns admiradores do cinema de terror conhecem muito bem. São quase quatro horas de passeio por todos os filmes da franquia, contendo entrevistas com toda essa galera aí. Fora a absurda quantidade de extras.

    Obviamente não foi lançado no Brasil, mas você pode comprar o DVD importado que vale a pena, embora, se não me engano, ele é Região 1. Ou mesmo procurar no “mercado paralelo” por aí. Só avisando que não há legendas em português em ambos os casos.

    Resposta
  • 25/03/2013 em 02:04
    Permalink

    nota 1000, ótimo kkkkkkkkkk, jonny depp não ia aparecer pois sua fortuna fala melhor que suas origens…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *