Pesadelos do Passado (2012)

Pesadelos do Passado (2012)
Quem é essa pessoa atrás de você?
Pesadelos do Passado
Original:The Pact
Ano:2012•País:EUA
Direção:Nicholas McCarthy
Roteiro:Nicholas McCarthy
Produção:Ross M. Dinerstein
Elenco:Caity Lotz, Mark Steger, Agnes Bruckner, Kathleen Rose Perkins, Haley Hudson, Sam Ball, Casper Van Dien, Dakota Bright, Petra Wright, Anjini Taneja Azhar, Rachael Kahne

Em 2011, Nicholas McCarthy escreveu e dirigiu um curta-metragem chamado The Pact, estrelado por Jewel Staite, Sam Ball, Heather Habecker e Pamela Cedar. Com apenas 11 minutos, a produção recebeu elogios nos cobiçados Sundance Film Festival, nos EUA, e Dead by Dawn Horror Film Festival, no Reino Unido, e serviu de inspiração para a realização de uma versão em longa-metragem, aproveitando o argumento para ampliar o seu conteúdo.

Assim, um ano depois Nicholas retornou a Sundance com seu novo trabalho, arrecando boas críticas, embora o público apontasse que o original era muito melhor. No elenco Caity Lotz (da série Death Valley) assumiu o papel principal, tendo a participação de Agnes Bruckner (A Floresta), Casper Van Dien (o eterno astro de Tropas Estelares), Haley Hudson (Marley & Eu), Kathleen Rose Perkins (A Ilha), entre outros. Sam Ball é o único que aparece nas duas versões, assumindo papéis diferentes.

Pesadelos do Passado pode ser definido como uma produção de horror sobrenatural com toques de slasher e thriller. A trama tem um início assustador: após a morte da mãe, Nicole (Bruckner) vai ao local de sua residência e entra em contato com a sua irmã Annie (Lotz), tentando convencê-la a relevar os problemas do passado para prestar uma última homenagem a ela. Depois de contactar sua filha pela webcam – que está sendo cuidada pela prima Liz (Perkins) -, ela recebe uma resposta arrepiante, quando a pequena questiona quem seria aquela pessoa atrás dela. Nicole entra na escuridão de um guarda-roupa e desaparece.

Pesadelos do Passado (2012) (1)

A motoqueira Annie decide então reencontrar os parentes, mas estranha o sumiço da irmã, mesmo com a passagem dos dias. Ela se estabelece na velha casa de sua mãe para tentar descobrir o que aconteceu, até eventos sobrenaturais começarem a agir no local, obrigando-a a pedir ajuda à polícia, representado por Creek (Van Dien). A busca pelas respostas irá mexer com o passado, incluindo a presença de um antigo serial killer conhecido como Judas e seus crimes violentos cometidos há mais de vinte anos. Ela também contará com a ajuda da vidente cega Stevie (Hudson) e seu companheiro Giles (Ball), porém terá que fazer alguns atos arriscados para chegar à verdade.

Apesar do começo aterrorizante e dos sustos eventuais, Pesadelos do Passado perde o ritmo na segunda metade, quando Annie passa a agir como uma detetive, encontrando muitas fontes de informação na internet. Aliás, a internet nessas produções do gênero é sempre eficaz, trazendo matérias gigantescas sobre crimes pequenos ou simplesmente mostrando o estado em que uma vítima de Judas fora encontrada. Annie terá ainda sorte de contar com uma influência sobrenatural, mesmo que demore para descobrir a origem de tudo.

Nicholas não traz todas as respostas que o público busca ao término de seu filme: o fato da personagem principal ter olhos de cor diferente, a cruz que ela carrega no pescoço é a mesma de uma vítima (seria a sua verdadeira mãe?) e até mesmo o título do longa acaba se escondendo entre teorias e suposições. Ainda assim, trata-se de um curioso exemplar do subgênero slasher, com a presença de um assassino misterioso e assombrações, numa boa opção para uma madrugada solitária, com a webcam ligada.

(Visited 595 times, 1 visits today)
Marcelo Milici

Marcelo Milici

Fundou o Boca do Inferno em 2001. Formado em Letras, fez sua monografia sobre o Horror Gótico na Literatura. É autor do livro "Medo de Palhaço", além de ter participado de várias antologias de horror!

5 comentários em “Pesadelos do Passado (2012)

  • 19/07/2013 em 16:45
    Permalink

    Só gostei da cena Judas! Judas! Judas! … quase derrubei meu Notebook
    Só não sei porq a Burra volta para dentro da casa depois da ”casa” ter jogado ela pela parede…achei chatooo

    Resposta
  • 16/06/2013 em 17:48
    Permalink

    é legau mais é chato , acontece muita poca coisa

    Resposta
  • 05/05/2013 em 22:19
    Permalink

    ouvi falar muito mal desse filme,mas se vc diz que vale a pena talvez eu assista qualquer dia desses.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien