A Última Profecia (2002)

A Última Profecia
Original:The Mothman Prophecies
Ano:2002•País:EUA
Direção:Mark Pellington
Roteiro:Richard Hatem, John A. Keel
Produção:Gary Lucchesi, Tom Rosenberg, Gary W. Goldstein
Elenco:Richard Gere, Laura Linney, David Eigenberg, Bob Tracey, Debra Messing, Yvonne Erickson, Will Patton, Lucinda Jenney

Na virada do milênio surgiram muitos filmes explorando a temática de premonições ou profecias, como por exemplo A Premonição (In Dreams), com Annete Benning, O Dom da Premonição (The Gift), dirigido por Sam Raimi ou O Mistério da Libélula (Dragonfly), estrelado por Kevin Costner, citando apenas três deles. Aumentando ainda mais essa lista, entrou em cartaz nos cinemas brasileiros em 04/10/02 o thriller com elementos sobrenaturais A Última Profecia (The Mothman Prophecies), dirigido por Mark Pellington (do drama de terrorismo O Suspeito da Rua Arlington), e com elenco liderado por Richard Gere ao lado da bela Laura Linney.

A história é baseada em eventos reais narrados em livro do jornalista John A. Keel, que descreveu a ocorrência de estranhos e misteriosos fenômenos que estavam relacionados à premonição de uma grave tragédia com muitas vítimas fatais, numa pequena cidade do interior dos Estados Unidos. No filme, Gere interpreta um famoso repórter do jornal “Washington Post”, John Klein, casado com Mary (Debra Messing), e ambos estão à procura de uma casa para morar. Eles a encontram, porém antes de poderem desfrutar o novo lar, ocorre um acidente de carro e a mulher fica ferida. No hospital, descobre-se que ela tem um grave e raro tumor cerebral e antes de morrer ela fez vários desenhos estranhos envolvendo uma visão que teve no momento do acidente com a rápida aparição de uma criatura obscura, algo similar a um “anjo da morte”.

Passados dois anos, o jornalista precisa fazer uma viagem de trabalho e de forma involuntária ele misteriosamente se desvia do caminho e acaba indo parar na pequena cidade de Point Pleasant, em West Virginia, distante centenas de quilômetros do destino original. Lá ele entra em contato com moradores como Gordon Smallwood (Will Patton), que teve visões semelhantes as de sua esposa antes de morrer. Ele passa a receber também estranhos telefonemas anunciando a ocorrência prévia de tragédias, como premonições de desastres envolvendo a morte de muitas pessoas. Tentando entender melhor o que estava se passando, Klein procura um escritor de livros sobre premonições, o veterano Alexander Leek (Alan Bates), que lhe fornece importantes informações sobre o mistério das alucinações com a bizarra criatura sobrenatural. Klein decide então investigar o caso das “profecias do homem mariposa” do título original, auxiliado por uma policial local, Connie Parker (Laura Linney).

A Última Profecia é um suspense psicológico intrigante explorando um tema que sempre desperta uma inevitável atração, a existência de fenômenos sobrenaturais envolvendo misteriosas visões. E uma vez utilizando em sua trama uma adaptação de eventos reais acontecidos na década de 1960 na pequena cidade de Point Pleasant, o interesse na história torna-se ainda maior. O filme não tem sangue ou cenas fortes de horror, pois investe em elementos de suspense e tensão crescente, procurando dar forma às aparições de um misterioso ser, o homem mariposa, que aparece antes da ocorrência de grandes tragédias. E o roteiro consegue criar uma interação entre o espectador e o drama enfrentado pelo personagem John Klein, um jornalista bem sucedido cuja vida repentinamente desaba com a morte da esposa e depois com a sucessão de eventos de difícil compreensão que questionam sua própria sanidade.

Sem grandes efeitos especiais e contando com uma história inteligente e intrigante cheia de reviravoltas e detalhes que se complementam, A Última Profecia estranhamente não foi bem nas bilheterias americanas, mas certamente é um grande entretenimento e um filme interessante que não desapontará os fãs do estilo.

(Visited 840 times, 1 visits today)
Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

Um comentário em “A Última Profecia (2002)

  • 08/07/2017 em 21:47
    Permalink

    Muito bom este filme, assisti há alguns anos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien