Roteirista independente apresenta ideia para o novo Sexta-Feira 13

Sexta-Feira 13 - Parte 5 (1985) (2)
Próximo Sexta-Feira 13 ainda não tem roteirista.

Com estreia prevista para 13 de novembro de 2015, o novo Sexta-Feira 13 ainda não encontrou um roteirista. Esta situação acaba dando espaço para que roteiristas apresentem diferentes ideias para o longa, como foi o caso do roteirista independente Dale Zawada, comediante de Chicago que está planejando seu próximo projeto.

Recentemente Zawada produziu a comédia de horror Dirtbags, e agora produziu um pitch (vídeo utilizado para apresentar a ideia de um roteiro) para a Paramount e a Platinum Dunes para Sexta-Feira 13.

Na visão de Zawada, Jason Voorhees seria o protagonista. Um garoto sofrendo de problemas psicológicos depois de testemunhar o assassinato de sua mãe. Crystal Lake teria sido tomado por uma corporação que estabeleceu uma rede de acampamentos de verão nos Estados Unidos, e a narrativa alternaria entre flashbacks de um Jason humano e os dias atuais, que ofereceriam aos fãs, presumivelmente, um olhar sobre o slasher que eles conhecem e amam.

Assista aqui ao pitch de Zawada:

(Visited 52 times, 1 visits today)
Silvana Perez

Silvana Perez

Escolheu alguns caminhos errados e acabou vindo parar na Boca do Inferno.

10 comentários em “Roteirista independente apresenta ideia para o novo Sexta-Feira 13

  • 15/10/2014 em 17:02
    Permalink

    Essas ideias de transformar vilão numa vitima das causas e circunstâncias nao esta mais com nada. isso pode colar em filmes com textos baseados em fatos reais como massacre da serra eletrica mas isso p jason e ridiculo
    o q diferencia sexta-feira 13 das outras franquias é a intensidade e maldade genuina do personagem. uma mistura da parte 1,2 mais a parte 4 e 7 seria um show mas oq vemos inclusive no remake de 2009, é q os caras nao querem representar a historia e sim deixar o filme atual. precisamos de um roteiro q seja moderno mas que nos leve aos anos 80, a essencia de verdade do Jason

    Resposta
  • 11/08/2014 em 11:45
    Permalink

    pra mim só a parte 3 mostrou um jason ,Agil frio, e calculista os d+ não passou de zumbí lentificado o remake de 2009 da pro gasto..apesar de eu achar um péssimo final..pra mim novas ideias serão bem vindas..

    Resposta
  • 11/08/2014 em 11:45
    Permalink

    pra mim só a parte 3 mostrou um jason ,Agil frio, e calculista os d+ não passou de zumbí lentificado o remake de 2009 da pro gasto..apesar de eu achar um péssimo final..pra mim novas ideias serão bem vindas..

    Resposta
  • 09/08/2014 em 12:51
    Permalink

    Sabemos que Jason e demente…, mas, ele gosta de matar…, pra que explicar isso

    Resposta
  • 08/08/2014 em 15:19
    Permalink

    Mais um acéfalo querendo transformar um vilão iconico em heroi incompreendido, vitima injustiçada, tal qual fez o Rob Zombie naquela monstruosidade de 2009. Espero que essa ideia imbecil seja colocada no seu devido lugar.

    Resposta
  • 08/08/2014 em 13:57
    Permalink

    Nossa, não sabia que era possível apresentar uma ideia de script para o estúdio, achei que eles sempre chamassem profissionais, eu até fiquei com vontade de apresentar minha ideia!
    Eu escrevi um esboço para um Sexta-feira 13 que se passaria no final do inverno, enquanto uma família estaria reconstruindo o acampamento. Seria uma versão mais sobrenatural, com fantasmas e até a mãe do Jason. Toda vez que eu olho para essa minha versão eu fico com vontade de assistir, ela é bem melhor que aquela comédia de 2009 que eles fizeram.

    Resposta
    • 09/08/2014 em 16:07
      Permalink

      Não cara, colocar fantasmas em Sexta Feira 13 seria a mesma coisa que recriar o Halloween 2 do Rob Zombie. Sei que pra vc pode parecer bacana mas com visão de fã e que acompanhou os filmes da franquia acho que é um caminho arriscado.
      Se fosse pra fazer um novo prequel da série, gostaria que mostrassem um pouco mais da mãe do Jason, algo um pouco perturbador como se ela tivesse sido violentada por um irmão (ou tivesse tido um caso proibido com um familiar) e nisso tivesse gerado esse Jason deformado. Pra tentar justificar essa tal “imortalidade” do Jason na série, acho que seria interessante se ela fizesse algo no ocultismo, ritual pagão, culto algum demonio que existiu na região aonde se formou o lago. Nada galhofa tipo demoniozão aparecendo etc mas algo discreto se assim possa se dizer. Podendo ter feito isso antes ou então em desespero depois que o filho morreu e nenhuma autoridade (policia) fez a respeito.
      O fato dela ter matado os monitores no primeiro filme, além da vingança, seria como parte de uma “oferenda”. Algo meio “Cemiterio Maldito”, tipo, seu filho vai retornar porém não será “o seu filho” mas algo que retornou no corpo dele e bem demoniaco. A morte dela também se fez necessária pra fornecer algo necessário pra se completar o ritual, como carne e sangue de alguém próximo ao morto. Isso explicaria de certa forma a volta do Jason no final do filme, ressurgindo do lago. A cabana em que ele supostamente morou no segundo filme seria na verdade o local onde a mãe dele realizava a tal oferenda maldita e a ligação dele querer manter a cabeça da mãe no local.
      Já o fato dele matar na região do lago poderia ser devido ao local do ritual etc. Um pouco mais dificil seria explicar o porque dele andar no meio da cidade e ninguem ligar muito (ele indo buscar a cabeça da mãe na cidade, tipo ele foi de onibus? rs) poderiam relacionar como sendo parte da maldicao, ele sendo visivel pra quem foi atacado por ele ou que estivesse na regiao daquele lago. A imortalidade dele, pode provir do sangue e da carne daqueles que ele mata ou que se mistura no corpo dele de alguma forma. Isso poderia explicar um pouco o fato de “conseguirem matar” ele por um tempo mas depois ele ressurge. E só tendo um pé no ocultismo pra explicar o fato dele não se alimentar ou ir no banheiro, pois nunca foi mostrado o Jason parando pra comprar um hamburguer no mc donalds ou parando pra dar uma cagada rs (seria deveras, hilario e assustador andar na floresta e acabar vendo sem querer o Jason cagando atrás de uma moita haha).

      Resposta
      • 06/11/2014 em 21:12
        Permalink

        Brother, muito boa sua visão sobre um novo filme! Seria perfeito se fizessem isso que vc escreveu, muito msm! So achei que a parte da imortalidade dele deu uma viajada legal (“A imortalidade dele, pode provir do sangue e da carne daqueles que ele mata”), acho que ja estria de bom tamanho ficar na parte do ocultismo mesmo (da primeira parte!)

        Resposta
      • 07/07/2015 em 21:02
        Permalink

        Nossa, muito boa as suas ideias. já pensou em enviar um roteiro para a Paramount ou pro pessoal envolvido com Jason?
        Ocultismo é algo que merece ser desenvolvido e interpretado no cinema sim, mas não de qualquer jeito como fizeram em remakes dessa década.

        Resposta
    • 14/08/2014 em 21:58
      Permalink

      Sério que você quer recriar o Halloween 2 (Rob Zombie) com Jason agora, pelo amor de Deus não cara rs.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien