Harold’s Going Stiff (2011)

0
(0)

Harold’s Going Stiff (2010)

Harold's Going Stiff
Original:Harold's Going Stiff
Ano:2011•País:UK
Direção:Keith Wright
Roteiro:Keith Wright
Produção:Richard Guy
Elenco:Stan Rowe, Sarah Spencer, Andy Pandini, Phil Gascoyne, Lee Thompson, Richard Harrison, Liz Simmons, Michaela Anne Rowe, Roger Bingham, Molly Howe

O Solitário Harold Gimble sofre de uma doença neurológica que afeta os membros e suas junções, deixando-o com dores e dificuldade de locomoção. Conhecido por ser o primeiro a contrair essa enfermidade, a mesma parece ter o efeito mais lento nele do que nas outras pessoas. O problema é que a doença, em estado avançado, torna as pessoas agressivas, que passam a serem rotuladas como zumbis, causando pânico na população.

Um trio de ‘caçadores‘ persegue e mata estes, com a desculpa de frear a disseminação da doença, mas na verdade parecem gostar de espancar os supostos zumbis, tendo como alvo principal, Harold. No meio dessa confusão, surge a figura de Penny, uma enfermeira disposta a ajudar o simpático senhor; durante as sessões de tratamento nasce uma bela amizade, já que ela também é solitária e encontra no paciente um amigo com quem pode contar todas as suas decepções amorosas.

Harold’s Going Stiff (2010) (2)

Narrado de forma documental, o filme mostra diversas formas de comportamento de seres humanos em frente a uma crise: há quem quer ajudar, há quem quer entender e há quem quer resolver tudo na força bruta. A dupla que interpretou Harold e Penny (Stan Rowe e Sarah Spencer) realiza um belo trabalho na construção dos dois personagens solitários, mas como uma química perfeita, que funciona durante as transições psicológicas de cada um.

O diretor Keith Wright consegue criar um clima divertido, que tragicamente vai se evaporando com a esperança de cada personagem. Não sei quanto as outras pessoas que o assistiram, mas eu saí da sessão do 6° CineFantasy, onde o filme foi exibido em novembro de 2011, com um nó na garganta.

Harold’s Going Stiff não foi lançado no Brasil, mas durante a sua exibição no Fantaspoa, também de 2011, recebeu o título Harold Está Ficando Cadavérico.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Ivo Costa

Cineasta formado pela Escola Livre de Cinema, dirigiu os curtas “Sexta-feira da Paixão”, “O Presente de Camila”, “Influência” e “Com Teu Sangue Pagará. Produziu o curta ‘Vem Brincar Comigo’. Atualmente é crítico no site Boca do Inferno e professor do Curso Cinema de Horror, da Escola Livre de Cinema. Fez parte do Júri Popular do Festival Cinefantasy em 2011, Júri Oficial do Festival  Boca do Inferno 2017, Juri Oficial da Mostra Espanha Fantástica no Cinefantasy 2020.  Realizou a curadoria da Mostra Amador do Cinefantasy 2019 e do Festival Boca do Inferno 2019.

One thought on “Harold’s Going Stiff (2011)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.