Quadrinhos

The Few And Cursed ganha duas novas edições

A Ruiva está de volta! Estrela da série “The Few and Cursed” continua sua caçada aos Corvos de Mana’Olana em mais duas novas edições e reimpressão da revista #1

The Few And Cursed, série criada por Felipe Cagno & Fabiano Neves, e que tem como protagonista a Ruiva – uma das personagens mais conhecidas dos quadrinhos independentes – repete financiamento coletivo usado nas duas primeiras edições para dar continuidade à história Os Corvos de Mana’Olana com duas novas revistas.

A série, que começou este primeiro arco em seis partes no final de 2015, traz a misteriosa caçadora de maldições conhecida apenas como Ruiva indo de cidade em cidade em um cenário pós-apocalíptico já acostumado com o desaparecimento de 90% da água do planeta.

Com o mundo em decadência e a sobrevivência beirando o impossível, aqueles que restaram no mundo se veem obrigados a se envolver com maldições, pactos ocultos e o sobrenatural. Seres como os terríveis Corvos de Mana’Olana são a razão da existência da Ruiva e sua determinada busca por equilíbrio em um mundo sem lei.

A história ganha mais dois capítulos de uma vez só graças ao sucesso da personagem e da série através das plataformas de crowdfunding Catarse & Kickstarter.

Alternando campanhas de financiamento coletivo no Brasil via Catarse e internacionalmente via Kickstarter, eu e o Fabiano, finalmente encontramos uma maneira de nos dedicarmos integralmente a este universo da Ruiva. A ideia agora é que a série ganhe um novo capítulo a cada três meses.” – explica Cagno

Já são seis campanhas de crowdfunding completadas e bem-sucedidas entre Catarse e Kickstarter com um crescimento de público estável e que através das metas estendidas possibilita oportunidades e brindes mais do que especiais:

É com o apoio direto dos fãs que pudemos produzir uma série de imãs de geladeira colecionáveis, cards especiais em homenagem a aqueles dos anos 90 com detalhes em dourado e artes exclusivas de artistas como Harvey Tolibao, Israel Silva, El Sevilla, Kael Ngu & Luis Guerrero, e claro, a nossa Galeria de Artistas Convidados presente em cada uma das revistas e que já conta com grandes nomes nacionais como Jack Herbert, Eduardo Pansica, Adriano Batista, Luke Ross, Marcio Menyz, além de artistas interncionais como Yanick Paquette, Ryan Ottley e Mirka Andolfo.” – diz Neves

Nesta sétima campanha da série, Felipe Cagno reitera a importância do financiamento coletivo como forma de pré-venda e aposta na possibilidade de alcançar mil apoiadores com uma Meta Extra especial:

A força da Ruiva e da série está na força dos fãs e no apoio deles através do Catarse. Em uma pré-venda regular não teríamos a menor chance de oferecer brindes exclusivos a custo zero ou ter grandes artistas reinterpretando a personagem. É realmente graças ao nosso público que o Fabiano e eu podemos trabalhar todo dia em algo que amamos e acreditamos muito no potencial. Se atingirmos mil apoiadores vou poder usar um fornecedor americano de impressões com efeito metal que me impressionou muito e me deixou bastante empolgado” – compartilha Cagno

Os Corvos de Mana’Olana #3 e #4 finalmente coloca a Ruiva em confronto direto com os temíveis Corvos e a desconhecida origem deles. Além disso, as revistas ainda mostram que a Ruiva não é perigosa só com suas pistolas e aprofundam o relacionamento paternal dela com um sobrevivente de 94 anos do mundo ainda com água, Jebediah Younger.

As partes 3 e 4 de The Few and Cursed – Os Corvos de Mana’Olana terão 32 páginas coloridas por Dinei Ribeiro, Marcio Menyz e Tiago Barsa no tamanho padrão americano e a campanha fica no ar até dia 1o de Novembro. Os pacotes de recompensas começam em apenas R$25 pelas duas revistas e ainda oferecem também um combo com todas as primeiras quatro edições por R$45 – oportunidade única de se adquirir a primeira edição depois que ela esgotou toda a sua tiragem no final de 2016.

Para mais informações, acesse a página do projeto no Catarse.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *