Como escolher um Filme Ruim

Nosso amigo aí de cima do filme “Natal Sangrento 2” está animado.
Porque hoje na Boca do Inferno “It’s Garbage Day!”

As lojas e até mesmo os sistemas de streaming estão cada vez mais recheadas de filmes de todos os tipos e alguns ainda permanecem com a cultura do VHS na versão para DVD. Porém tanto no passado quanto no presente (e assim sempre será no futuro) são lançadas produções ruins que se amontoam nos cantos e desafiam todos os espectadores que buscam produções independentes e raras esquecidas em alguma seção de catálogo por aí.

Só que de vez em quando baixa quase em todos nós um espírito masoquista (uns em menor grau do que os outros) e esses espaços servem de carrasco para nos fornecer as mais altas doses de porcarias cinematográficas de todos os gêneros para torturar a si próprio ou aos seus amigos. Em outras situações tudo o que queremos é fugir deles e não arriscar a pegar o filme errado. Portanto seja para procurar, fugir ou apenas dar algumas risadas – com este guia rápido de referência com dez categorias em um formato de teste igual a revista Capricho ;-p – você poderá facilmente identificar as mais variadas tranqueiras para o bom uso ou para o mau. Divirta-se!

Eu sempre saberei o que vocês fizeram no verão passado
A extensão do título quase sempre é inversamente proporcional a sua importância para o cinema.

O TÍTULO:
Só tem uma palavra – 1 ponto
Eu tenho a leve impressão que é alguma palavra inventada, um neologismo ou uma fusão de duas outras palavras – 2 pontos
Tem seis ou mais palavras – 3 pontos
Uau! Tem entre oito e doze palavras – 4 pontos
Espere um pouco enquanto eu conto… Treze ou mais palavras! – 5 pontos (Nota: Tem certeza que esse é o título???)
Contém muitos pontos de exclamação – 6 pontos

A Hora do Lobisomem 2
Picaretagem para atrair os fãs do primeiro…

MAIS SOBRE O TÍTULO:
Contém as palavras “alien” ou “monstro” – 1 ponto
Contem as palavras “kung fu” ou “bikini” – 2 pontos
Contém as palavras “criatura” ou “pesadelo” – 3 pontos
Começa com “Terror em”-alguma-coisa ou “Pânico”-em-algum-lugar – 4 pontos
Contém as palavras “sangue” ou “morte” – 5 pontos

Contém as palavras “zumbi”, “massacre”, “humano” ou derivados – 6 pontos

The Executioner Part II?!
Alguém me explique onde raios está a parte 1!

AINDA MAIS SOBRE O TÍTULO:
Não pertence a franquia alguma, embora o título seja muito parecido com o de uma – 1 ponto
É a quinta parte ou maior de uma franquia – 2 pontos
O título nacional esconde que o filme pertence a uma franquia – 3 pontos
Foi intitulado para pertencer a uma franquia famosa, mas não passa de enganação – 4 pontos
Clama ser a continuação de um filme que não existe – 5 pontos

Contém um aviso de precaução sobre discrição ou para pessoas cardíacas – 6 pontos

Destaque na capa de O Terror da Serra Elétrica
Não se deixe enganar, é só mais um filme ruim…

A CAPA
Apenas parece tosco – 1 ponto
Um holograma! (Na realidade uma imagem lenticular) – 2 pontos
Contém uma foto ou desenho de uma criatura ameaçadora enquanto as pessoas correm em terror – 3 pontos
Parece desenhada por um fanático por Dungeons & Dragons – 4 pontos
Meu irmãozinho de 8 anos poderia fazer melhor – 5 pontos
Só pode ter sido feita em Photoshop – 6 pontos

Contra-capa de Terror na Noite
A distribuidora deve pensar que as vezes um trabalho porco no MS Paint consegue desviar a atenção da podreira do filme.

A CONTRA-CAPA
Contém algumas fotos aleatórias – 1 ponto
A maioria das fotos contém efeitos especiais ruins ou apenas uma garota gritando para a câmera – 2 pontos
Não há cena alguma do filme! – 3 pontos
Alguém desenhou isso com uma caneta? – 4 pontos
Contém a mesma imagem da capa – 5 pontos
Eu acho que essas fotos são de outro filme… – 6 pontos (Nota: Você deveria ir atrás deste outro filme em questão)

Oba! Baseado num livro de Stephen King?!
Eh… Pensando bem, melhor deixar esse onde estava.

AS DESCRIÇÕES OU TAG-LINES (DA CAPA)
É muito parecida com outro filme mais famoso que você conhece – 1 ponto
“Baseado num livro de…” – 2 pontos
Inclui mais adjetivos que verbos ou pronomes – 3 pontos
Diz que é uma produção original do Sci-Fi Channel – 4 pontos
Usa os adjetivos: “terrível”, “malditos”, “arrepiante”, “invencível” ou similares – 5 pontos
Dá muito espaço para opiniões de fontes duvidosas – 6 pontos (some mais um ponto se não houver as fontes)

Sinopse de Blood Frenzy – Sede de Sangue
“Blood Frenzy é uma obra prima do suspense inimaginável, um filme sangrento, estranho que mostra sete pessoas desesperadas presas num inferno pessoal do qual a única forma de se escapar é a própria morte”.
Certo, e a propósito, sobre o quê que é o filme mesmo?!

A SINOPSE (DA CONTRA-CAPA) CONTÉM…
Robôs, andróides ou computadores – 1 ponto
Um monstro ou alienígena de algum tipo – 2 pontos
Os mortos-vivos – 3 pontos
Um mutante (animais inclusos) criado por radiação, lixo tóxico ou experiências científicas – 4 pontos
Eletrodomésticos ou objetos que normalmente são inanimados – 5 pontos
Ela não diz sobre o quê a história é, apenas tenta me fazer mijar de medo – 6 pontos

Capa de Assassinato no Colégio
Brad Pitt, seu passado te condena…

OS ATORES OU ATRIZES PRINCIPAIS
São famosos hoje, mas não listam este filme na sua filmografia – 1 ponto
São sua única participação em filmes – 2 pontos
Também são creditados como diretor, produtor e/ou roteirista – 3 pontos
Sua participação aparenta ser editada de participações em filmes anteriores ou filmagens antigas – 4 pontos
Usualmente é cantor(a), modelo ou esportista – 5 pontos
Normalmente é (ou foi) um lutador de luta livre profissional – 6 pontos

Sinopse de Poderes Ocultos
Desconfie muito se uma sinopse traz mais informações sobre um ator do que para a história.

O DIRETOR OU PRODUTOR
Fez apenas um filme… Este. – 1 ponto
Peter Jackson ou Sam Raimi – 2 pontos
Herschell Gordon Lewis ou Roger Corman – 3 pontos
Llyod Kaufman ou Fred Olen Ray – 4 pontos
Qualquer coisa feita pela Nu Image – 5 pontos
Ed Wood, Bruno Mattei, Claudio Fragasso ou Uwe Boll – 6 pontos

Espera um pouco… Algumas dessas fotos de Eaten Alive são de Jungle Holocaust ou é impressão minha?? Ah, sim, Umberto Lenzi usou material de Ruggero Deodato sem autorização? Então está perdoado… 😉

ONDE O FILME FOI FEITO
Não sei ao certo, mas tenho certeza que não foi em Hollywood – 1 ponto
Nova York, antes de 1990 – 2 pontos
No quintal de alguém ou num pátio de escola qualquer – 3 pontos
Itália, antes de 1970 – 4 pontos
México ou Brasil, antes de 1980 – 5 pontos (Exceção dos filmes do Zé do Caixão)
Turquia ou Índia em qualquer época – 6 pontos

A capa do DVD importado de Brutes And Savages é a síntese de tudo o que aprendemos aqui
Caixinha desenhada, muitos pontos de exclamação, aviso para cardíacos, “1001 cenas proibidas”,
“Versão descivilizada”, “Apresentado em Brute Sound”, “Endossado pelo Instituto de Cultura e Artes Primitivas (sic)”.
Picaretagem de mais alto nível da Synapse Films.

Resultado do “Ruinzômetro”:
Até 15 pontos – As distribuidoras falham, nós erramos e as aparências enganam. Pode ser um filme bom, mas fique por sua conta e risco!
Entre 16 e 25 pontos – Sinal amarelo aceso! As chances de que o coelho saia do mato sem estar sujo de merda são pequenas, mas pelo menos pode ser o fim de uma noite insone.
Entre 26 e 35 pontos – A estrada de tijolos amarelos deste caminho guiam para uma verdadeira pérola. Monstros em stop motion, slashers dos mais vagabundos e filmes com cobras gigantes entram nesta categoria. Deverá ser um filme péssimo para gostos menos calosos, mas se serve de consolo sempre existirão coisas piores como o TV Fama.
Entre 36 e 45 pontos – Parabéns soldado! Após assistir essa droga, uma maratona de Domingão do Faustão ou uma sessão da câmara dos deputados vai ser fichinha pra você. Apenas recomenda-se bastante cautela e, claro, uma tomografia detalhada e/ou uma lavagem cerebral para acompanhar…


Acima de 46 pontos – Filmes como esse merecem uma tarja preta do Ministério da Saúde, portanto reconsidere muito ao levar isso para casa. Lembre-se que a vida é bela e você tem um futuro pela frente (se o aquecimento global não nos matar antes), então faça um favor a si mesmo, mantenha-se afastado, acalme-se e chame o esquadrão anti-bombas. Obviamente a decisão é sua e se após assistir – caso tenha um momento de consciência – nos mande um cartão postal bem bonito do hospício que estiver internado.

(Visited 273 times, 1 visits today)
Gabriel Paixão

Gabriel Paixão

Colaborador e fã de bagaceiras de gosto duvidoso. Um Floydiano de carteirinha que tem em casa estantes repletas de vinis riscados e VHS's embolorados. Co-autor do livro Medo de Palhaço, produz as Horreviews e Fevericídios no Canal do Inferno!

3 comentários em “Como escolher um Filme Ruim

  • 12/02/2017 em 16:15
    Permalink

    Apesar das terríveis falhas apresentadas nas capas dos filmes em VHS , eu particularmente prefiro essas capas , pois elas são muito mais chamativas e que mais me atraíam nas prateleiras das locadoras . Eu alugava sem a preocupação de ser bom ou ruim , pois as capas eram tão impressionantes que faziam com que você ficava em dúvida de qual filme levar .
    Por isso eu descordo desse artigo , eu diria que HOJE é mais fácil escolher um filme ruim pelas suas capas em DVD e Blu-ray , que não são criativas e não me atraem como nos inesquecíveis VHS , e consequentemente a maioria são filmes ruins .
    Façam uma comparação com as épocas , os filmes e suas capas , e vão entender que a possibilidade de você escolher um filme ruim HOJE é quase 100% de chance !
    E ” Pieces ” é um dos melhores slasher dos anos 80 , um dos meus favoritos !

    Resposta
    • 14/02/2017 em 16:58
      Permalink

      Pieces é divertido a beça e com ótimas cenas de mortes, mas é trash até a medula tb. O aviso de cardíaco é ridículo.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien