Pós-apocalíptico, alienígenas e distopias em MYSTERY AND SCIENCE I

0
(0)

A tal linha tênue entre o horror e a ficção científica já produziu obras sensacionais e assustadoras para o cinema. Contudo, às vezes também vale a pena aquela produção raiz, que ainda aborda temáticas que trazem conflitos com as tecnologias, alienígenas e cenários pós-apocalípticos. A sessão Mystery and Science I (uma referência à série Mystery Science Theater 3000, que trazia um homem e dois robôs sendo obrigados a assistir filmes de ficção científica) tem um pouco desse ambiente inóspito, das distopias e lutas pela sobrevivência.

Curtas nacionais, da Ucrânia, México e Itália disputam a sua atenção no Cinebrac.  Vale a pena explorar esse mundo fantástico!

1996, Brasil, 15 minutos. Horror, Found Footage
Direção: Rodrigo Brandão
Sinopse: Duas amigas partem para uma viagem no início do semestre na faculdade. O quê a princípio é uma diversão vai se tornando um pesadelo gravado minuto a minuto.

A Orca, Brasil, 18 minutos.Ficção Científica
Direção: Diego Rossi
Sinopse: A história se passa no espaço, em um futuro distante. Doanel Pauvres, um homem de poucas palavras, está alojado no último cruzeiro interplanetário em funcionamento, The Orca. Durante sua estada, ele coincidentemente conheceu seu ex-colega de trabalho, Stanley, durante uma partida de blackjack no cassino. Conforme a conversa avança, parece que não há coincidência neste encontro, afinal.

Ada. Brasil. 20 minutos. Ficção Científica. Distopia
Direção: Rafaela Uchoa
Sinopse: É 2030 no Brasil, Lia é jornalista e programadora que é convocada pelo grupo Ada. Formada por mulheres hackers, a organização luta para derrubar a Ditadura Evangelista.

Luz de Sangue (Blood Light). Ucrânia. 15 minutos.Ficção Científica. Pós-apocalíptico
Direção: Danylo Hauk
Sinopse: Quando tempestades tenebrosas bloqueiam toda a luz solar na Terra, levando a humanidade à loucura, Zen, uma jovem vai contra o mundo para salvar sua mãe.

Frequência (Frecuencia), México, 30 minutos. Ficção Científica. Pós-Apocalíptico
Direção: Ian Elizalde
Sinopse: Em um mundo desolado afetado por uma forte guerra nuclear, Aaron (um menino de 13 anos) encontra esperança depois de saber que ele não é o último ser humano na terra. Agora ele deve fazer uma viagem com Argos (seu cachorro) que irá testá-lo até que ele encontre essa pessoa estranha que fala com ele pelo rádio.

Sala 13 – Se um Quarto Ganhasse Vida (Room 13 – If a Room comes to Life). Itália, 6 minutos. Ficção Científica, Horror, Thriller
Direção: Raffaele Grasso
Sinopse: Gabriele aluga um quarto para passar a noite, mas algo dá errado. A sala parece estar viva. ALEXA não é apenas uma assistente de voz!

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL BOCA DO INFERNO VII
DIA 15 AO DIA 20: AnimonstrosFantásticoHorror IMistério e Suspense I e Monstruário I e Quarentena
DIA 21 AO DIA 25: FantasmagoriaHorror IIHumortuarium, Mistério e Suspense II, Mystery and Science I
DIA 26 AO DIA 30: Horror III, Mistério e Suspense III, Mystery and Science II, Monstruário II e Santânico Pandemonium

SERVIÇO:
Festival Boca do Inferno 7 (FBI VII)
Onde: Cinebrac (cinebrac.com.br)
Quando: entre os dias 15 e 30 de novembro
Valor: gratuito durante o período do evento

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Marcelo Milici

Professor e crítico de cinema há vinte anos, fundou o site Boca do Inferno, uma das principais referências do gênero fantástico no Brasil. Foi colunista do site Omelete, articulista da revista Amazing e jurado dos festivais Cinefantasy, Espantomania, SP Terror e do sarau da Casa das Rosas. Possui publicações em diversas antologias como “Terra Morta”, Arquivos do Mal”, “Galáxias Ocultas”, “A Hora Morta” e “Insanidade”, além de composições poéticas no livro “A Sociedade dos Poetas Vivos”. É um dos autores da enciclopédia “Medo de Palhaço”, lançado pela editora Évora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.