VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue (2019)

5
(2)
VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue
Original:
Ano:2019•País:Brasil
Autor:César Bravo•Editora: Darkside Books

Três Rios, interior de São Paulo. Uma pequena cidade, cheia de grandes mistérios. Em VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue, César Bravo nos leva de volta ao tempo em 18 contos incríveis e sangrentos.

Ambientadas entre o período de 1985 e 1995, as histórias, em forma de relatos, abrangem diversos tipos de horror. Tudo começa na nostálgica locadora Firestar, onde os donos começam a coletar fitas cassetes de clientes que não querem mais reviver as lembranças contidas ali. Com todo o processo de rebobinação e catalogação, essas fitas não são tão inofensivas quanto parecem. A partir daí, todos os contos seguintes acabam sendo relacionados, em maior ou menor grau, com o primeiro ou entre si.

Apontada como o maior terreno de abate do Estado de São Paulo, segundo os recortes no começo do livro, Três Rios esconde diversas histórias macabras, todas com algo em comum: muito sangue envolvido. Tal qual um abatedouro. Uma cidade construída, literalmente, com sangue.

Passando do horror psicológico a puro gore, abrangendo o sobrenatural e a maldade e ganância humana, relatando o absurdo e a realidade, César Bravo e sua escrita fluida e descrições impactantes fazem o leitor imergir nas histórias como se fossem reais.

Além de histórias macabras, VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue também é recheado de referências. Um dos contos nos traz a famosa lenda da “loira do banheiro”, contada de um modo arrepiante. Em outros é possível perceber referências a obras de Stephen King e Clive Baker, autores que influenciaram Bravo. E, é claro, diversas referências aos anos 80 e 90, época que é considerada por muitos a era de ouro do terror.  Seguindo essa linha, a DarkSide fez questão de presentear essa edição com uma belíssima capa semelhante a uma fita VHS.

Com o intuito de chocar, de diversas formas diferentes, com certeza VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue vai ter ao menos um conto que vai impressionar até o mais cético dos leitores.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Louise Minski

Um experimento de Schrödinger entediado.

2 thoughts on “VHS: Verdadeiras Histórias de Sangue (2019)

  • 22/03/2021 em 12:00
    Permalink

    Já tinha o VHS há algum tempo na minha estante, mas sempre estava na fila de leitura. Recentemente resolvi dar oportunidade ao livro e fiquei muito impressionado com o César Bravo. A estrutura do livro é claramente inspirada em “Livros de Sangue” do Clive Barker, mas com uma originalidade própria. A conexão das histórias é até mais crível que nos livros do Barker. Além do conto inspirado na loira do banheiro, “branco como algodão”, os contos que mais me impressionaram foram “Bicho papão” e “Jezebel”.Também gostei muito do “Zona de abate: matadouro 7”, achei que o conto foi inspirado no “Trem de Carne da Meia Noite” do Barker, e estabelece o lore do universo fantástico de horror situado na região de Três Rios.

    Resposta
  • 04/04/2020 em 16:35
    Permalink

    Amei o review! Como sempre muito bem escrito e detalhado ?

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.