Star Wars: Episódio II – Ataque dos Clones (2002)

Star Wars 2 (2002) (2)

Star Wars: Episódio II - Ataque dos Clones
Original:Star Wars: Episode II - Attack of the Clones
Ano:2002•País:EUA
Direção:George Lucas
Roteiro:George Lucas, Jonathan Hales
Produção:Rick McCallum, Lorne Orleans
Elenco:Hayden Christensen, Natalie Portman, Ewan McGregor, Christopher Lee, Samuel L. Jackson, Frank Oz, Ian McDiarmid, Pernilla August, Temuera Morrison, Daniel Logan, Jimmy Smits Jack Thompson

Uma aventura de ficção científica repleta de ação e modernos efeitos especiais, com história ambientada no fantástico universo de Star Wars, criado por George Lucas, e representante absoluto do cinema comercial de entretenimento e de grandes bilheterias. Resumindo em poucas palavras, isso significa Star Wars: Episódio II – Ataque dos Clones (Star Wars: Episode II – Attack of the Clones), que estreou nos cinemas brasileiros em 01/07/02, oportunamente no início das férias escolares. É o segundo filme da trilogia inicial da popular saga de space opera e sequência de Star Wars: Episódio I – A Ameaça Fantasma (1999). Juntos, eles trazem os acontecimentos que antecederam os eventos narrados na famosa trilogia filmada entre o final dos anos 1970 e início da década de 1980, formada por Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança (1977), Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca (1981) e Star Wars: Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983).

Novamente dirigido por George Lucas, nesse segundo episódio da franquia, passados 10 anos de A Ameaça Fantasma, o jovem Anakin Skywalker (Hayden Christensen) tem agora 19 anos de idade e é um padawan, ou seja, um aprendiz aspirante à cavalheiro Jedi, treinado nos poderes da Força pelo mestre Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor). Eles foram chamados para garantir a segurança da agora Senadora da República Padmé Amidala (Natalie Portman), que era rainha do planeta Naboo no Episódio I, após ela ter sofrido um atentado contra sua vida planejado por separatistas políticos da República ao chegar no planeta Coruscant, centro de comando do Conselho dos Cavalheiros Jedi. Os separatistas estão organizando uma guerra civil com centenas de milhares de robôs, liderados pelo sinistro Conde Dookan / Darth Tyranus (Christopher Lee), um veterano cavalheiro Jedi que se voltou para o lado negro da Força. Os androides estavam sendo construídos secretamente no planeta Geonosis, e para combatê-los, a favor da República, também havia a formação em segredo por vários anos, de um imenso exército de soldados clones, gerados a partir de um caçador de recompensas humano, Jango Fett (Temuera Morrison), os quais estavam sendo criados por uma raça altamente inteligente no planeta chuvoso Kamino.

Star Wars 2 (2002) (1)

Enquanto os jovens Anakin Skywalker e Padmé Amidala inevitavelmente se apaixonam, apesar das dificuldades impostas ao romance que entra em conflito com o código de ética Jedi e com a carreira política da senadora, o Mestre Jedi Obi-Wan Kenobi parte numa missão para descobrir os autores do atentado e numa investigação localiza ambos os exércitos de clones e androides, relatando suas descobertas para o Conselho Jedi em Coruscant, formado principalmente pelos mestres Yoda (voz de Frank Oz) e Mace Windu (Samuel L. Jackson). Após muitas lutas, perseguições, reviravoltas e conspirações políticas confusas envolvendo principalmente o sinistro Senador Palpatine / Darth Sidious (Ian McDiarmid), além de uma violenta batalha entre os clones da República e os robôs dos separatistas, as guerras clônicas (citada por Obi-Wan Kenobi em Guerra nas Estrelas / 1977) tem seu início reservando ainda muita aventura para o próximo episódio da saga.

Dois atores merecem um destaque especial em Ataque dos Clones: Christopher Lee e Samuel L. Jackson. O Conde Dookan é interpretado pelo magnífico e veterano Lee, imortalizado como um dos grandes astros do cinema de horror, e por seu papel do vampiro Drácula em inúmeros filmes dos anos 1960 e 70. Ele também apareceu como um dos vilões da saga O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel, constituindo-se essas participações em justas homenagens para um ícone do cinema fantástico. Jackson é outro ator que deve ser enaltecido por ser um dos melhores em seu ofício na atualidade, ele que interpretou tanto em A Ameaça Fantasma quanto neste segundo filme da saga, o Jedi Mace Windu, um dos membros de elite do Conselho.

Star Wars 2 (2002) (3)

Como curiosidades, o personagem Jar Jar Binks (voz de Ahmed Best), que teve grande participação no Episódio I como uma criatura atrapalhada que protagoniza diversas cenas de humor, e que não foi bem aceito pelos fãs na época, tem agora um papel pequeno e discreto (dessa vez sem piadas), onde ele acaba sendo o substituto de Amidala no Senado da República (como ele evoluiu em dez anos…). E os engraçados robôs R2D2 (Kenny Baker) e C3PO (Anthony Daniels) voltaram a se encontrar e a garantir as ótimas cenas humorísticas que já são uma marca característica ao longo da saga.

Outro fato curioso é que no original o maligno e principal líder dos separatistas da República chama-se Dooku, e que na versão brasileira do filme foi transformado em Dookan, e o falecido mestre Jedi Sypho Dias do original foi modificado para Saifo Vaias, devido às complicações evidentes que a pronúncia desses nomes no nosso idioma geraria entre o público. Algumas sequências são grande destaque como a batalha travada na arena do planeta vermelho Geonosis, entre os clones e os androides, numa overdose sufocante de cenas de guerra, e em especial um momento antológico envolvendo o confronto direto entre Dookan e Yoda, numa magistral luta com sabres de luz e poderes da mente e que curiosamente lembra um duelo similar no clássico do horror O Corvo (1963), onde os mágicos interpretados pelos imortais atores Vincent Price e Boris Karloff se confrontam com seus poderes numa sucessão magnífica de cenas.

Star Wars 2 (2002) (4)

Alguns outros pontos altos desse Episódio II são a belíssima fotografia e os impressionantes efeitos especiais a cargo da Industrial Light & Magic ao retratar os diferentes e exóticos planetas que aparecem na trama, como o super populoso Coruscant com seus imponentes prédios e intensos tráfegos aéreos de naves; Naboo com suas lindas paisagens entre montanhas, lagos e cachoeiras; Tatooine com seus imensos desertos de areia, e os até então inéditos Kamino sempre envolto em tormentas e ventos fortes, e Geonosis repleto de rochas e clima árido, e com sua imensa população de seres voadores que lembram disciplinadas formigas trabalhadoras.

Star Wars 2 (2002) (6)

Ataque dos Clones, assim como seu antecessor A Ameaça Fantasma procuram explicar os eventos que antecederam a história que já foi contada há vários anos por George Lucas, tendo como principal enfoque a vida de Anakin Skywalker quando garoto (Episódio I) e adolescente (Episódio II), seu envolvimento amoroso com Amidala e que gerou seus filhos Luke e Léia, que tiveram importantes participações posteriores na trama, culminando com sua passagem para o lado negro da Força vindo a se transformar no temível vilão Darth Vader, um dos mais poderosos do universo, e que deverá ocorrer no próximo capítulo, assim como a criação do Império. Aliás, nesse Episódio II já podemos notar claramente o temperamento rebelde de Anakin com atitudes de indisciplina, falta de concentração aos ensinamentos, ideias distorcidas, como quando diz para Amidala que não aprecia política e defende a manutenção da ordem mesmo que seja por tirania e ditadura, e atos movidos pelo ódio, como no momento em que massacrou o povo da areia em Tatooine ao resgatar sua mãe, Shmi Skywalker (Pernilla August), sequestrada por eles.

Star Wars 2 (2002) (5)

De negativo a ser mencionado, são as monótonas cenas do romance proibido entre o jovem Skywalker e Amidala que atrapalharam um pouco o ritmo de ação da movimentada aventura, porém isso é até compreensível devido à importância dessa relação amorosa para o contexto da saga e os acontecimentos que viriam a surgir a partir desse fato. Porém, o mais importante para quem procura diversão no cinema é relaxar e viajar juntamente com os fascinantes personagens e mundos do universo de Star Wars, mergulhando em mais uma aventura intergaláctica em meio ao misterioso espaço infinito, com suas incontáveis criaturas, planetas estranhos, conspirações políticas e guerras nas estrelas

Leia também:

Juvenatrix

Juvenatrix

Uma criatura da noite tão antiga quanto seu próprio poder sombrio. As palavras são suas servas e sua paixão pelo Horror é a sua motivação nesse Inferno Digital.

Um comentário em “Star Wars: Episódio II – Ataque dos Clones (2002)

  • 16/01/2017 em 01:07
    Permalink

    Ótimo filme.

    Apresenta o motivo para o surgimento dos clones e apresenta uma República em decadência.

    O único ponto negativo é o personagem do Anakin Skywalker que parece uma criança emburrada e mimada, sempre querendo fazer suas vontades!!

    Um bom filme. Recomendado!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien