Críticas

8213: Gacy House (2010)

Do começo ao fim o filme nos apresenta uma atmosfera de um verdadeiro found footage, sem créditos iniciais ou finais, cortes bruscos de tomadas e muito noise effect!

8213: Gacy House
Original:8213: Gacy House
Ano:2010•País:EUA
Direção:Anthony Fankhauser
Roteiro:Anthony Fankhauser
Produção:Paul Bales, David Michael Latt e David Rimawi
Elenco:Michael Gaglio, James Arthur Lewis, Brett Newton, Sylvia Panacione, Rachel Riley, Matthew Temple

Aproveitando que estamos na semana de lançamento do remake do filme IT nada mais justo que escrever sobre os mais assustadores palhaços assassinos; os reais. John Wayne Gacy (1942-1994) foi um assassino em série americano, conhecido como o “Palhaço Assassino“. Acusado de matar pelo menos 29 garotos, foi condenado a 21 prisões perpétuas e 12 penas de morte. Sua história é conturbada. Em 1978, a polícia de Illinois, Chicago, efetuou uma busca na casa n° 8975 da West Summerdale Avenue, interrogando seu morador, John Wayne Gacy, um palhaço amado e muito querido pelas crianças da cidade, o tipo de pessoa, pensava-se, que dificilmente cometeria algum crime.

Antes de ir embora, um dos policiais estranhou um cheiro desagradável na casa; “É só um entupimento nos canos de esgoto“, alegou Gacy. Mas como havia pessoas desaparecidas na região, uma das quais se sabia conhecer Gacy, a polícia investigou mesmo assim. Quando Gacy percebeu que seria pego, entregou-se e revelou o paradeiro dos corpos enterrados em seu porão. Gacy desenhou uma planta do porão, apontando onde se encontrava cada corpo, inclusive de alguns que ele já não mais lembrava os nomes e ainda revelou que havia jogado alguns corpos num rio local. Foram encontrados os restos de mais de vinte e nove garotos entre nove e vinte e sete anos, com sinais de tortura, violências sexuais e estrangulamento.

8213: Gacy House (também conhecido como Paranormal Entity 2: Gacy House)  é uma produção da picaretíssima The Asylum. Dirigido em 2010 por Anthony Fankhauser (que não teve seu nome creditado assim como o resto da equipe para manter o filme com aquele ar de documento policial) serviu como uma prequel “tapa-buracos” de outra zica da produtora, Paranormal Entity (2009). A trama gira em torno de um grupo de investigadores do sobrenatural que tenta registrar provas de que o fantasma do palhaço assassino ainda habita sua antiga casa, situada na West Summerdale Avenue.

Diferente de Paranormal Entity, 8213: Gacy House tem seus méritos. Sua produção é crua e sem enfeites. Do começo ao fim o filme nos apresenta uma atmosfera de um verdadeiro found footage, sem créditos iniciais ou finais, cortes bruscos de tomadas e muito noise effect. O único problema talvez seja o mesmo karma que afeta boa parte das produções do gênero – minutos intermináveis de nada com coisa nenhuma, excesso de broken cam e noise effect, que tornam a história um tanto cansativa. Outro ponto negativo foi a sexualização errônea do espírito de Gacy no decorrer do filme. O fantasma do assassino serial ataca mais as mulheres do grupo do que os homens e, como todos sabem, John Wayne Gacy tinha uma tara especial por garotos, então por que diabos arrancaria as roupas das mulheres?

Talvez para aumentar a audiência do filme com uns peitinhos extras…

Defeitos à parte (e que não são poucos!) 8213: Gacy House vale a pena para passar o tempo e conhecer um pouco mais sobre um dos assassinos seriais mais conhecidos (e cultuados) nos EUA.

Quer conhecer a história completa de John Wayne Gacy e de outros palhaços assustadores? Compre o livro Medo de Palhaço, com desconto, clicando AQUI!

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *