Freddy vs Jason vs Ash (2008)

Freddy Vs Jason Vs Ash (2008)

Freddy Vs Jason Vs Ash
Original:Freddy Vs Jason Vs Ash
Ano:2008•País:EUA
Páginas:26• Autor:Editora: Wildstorm, Dynamite Press

Hábito comum nos quadrinhos, colocar na mesma revista dois ou mais personagens queridos, o chamado crossover, é garantia de sucesso. É assim com Batman e Homem-Aranha, Superman vs. Hulk, Marvel vs. DC. No cinema esta prática já rendeu encontros e confrontos memoráveis desde os idos anos 40.

Um dos primeiros encontros deste gênero no cinema, Frankenstein Encontra o Lobisomem, de 1943, colocava o monstro de Frankenstein frente a frente com o atormentado Larry Talbot no filme que daria origem a uma rentável série de crossovers produzidos pela Universal como A Casa De Drácula, A Casa de Frankenstein, Abbot e Costelo Encontram Frankenstein, entre outros.

Nos anos sessenta a Toho Studios no Japão, produziu um dos “maiorescrossovers de todos os tempos, colocando King Kong para lutar contra Godzilla no clássico Kingu Kongu tai Gojira, de 1962. Mais de quarenta anos depois, em 2003, a New Line produziu o encontro que muitos fãs do terror esperavam a décadas, Freddy vs. Jason, produção de grande sucesso que abriu caminho para Aliens vs. Predador, de 2004 que teve uma sequência em 2007, Aliens Vs. Predador: Réquiem.

Freddy vs. Jason também gerou especulações de um encontro entre Chucky (de Brinquedo Assassino) e Leprechaun, Hellraiser e Halloween, e de sua continuação que contaria com a adição de Ashley Willians, da trilogia Evil Dead, além de Freddy Krueger e Jason Vorhees do filme original.

Estas produções porém, nunca passaram de boatos mas a ideia era tão boa que em 2008 acabou se transformando na HQ Freddy vs. Jason vs. Ash, produzida em parceria entre a Wildstorm, braço da DC Comics que detinha os direitos de A Hora do Pesadelo e Sexta-feira 13 e Dynamite Entertainment, detentora dos direitos de Evil Dead/Army of Darkness.

Escrita por Jeff Katz (Gladiador Dourado) e Jim Kuhoric (Army of Darkness) e desenhada por Jason Craig (Wolverine) a história começa de onde o filme original terminou, mostrando o retorno dos dois únicos sobreviventes do confronto entre Freddy e Jason, Will e Laurie, para a cidade anteriormente chamada Crystal Lake, apenas para encontrar a morte nas mãos de Jason, que mais atormentado ainda com a presença de Freddy em sua cabeça, procura o Necronomicon, o livro dos mortos, para que Freddy possa ser ressuscitado e se livrar dos limites dos sonhos, podendo circular no mundo desperto.

O plano de Freddy porém irá encontrar um percalço chamado Ashley Willians que foi convidado pela rede de supermercados S-Mart, onde é gerente, para treinar os novos funcionários da filial da rede de lojas em Cristal Lake, agora chamada Forest Green, como parte do programa da cidade para recuperar a imagem do local após os eventos mostrados no filme.

A história surpreende por ser bem divertida e emular com sucesso as características das três franquias, dividindo a violência truculenta de Sexta-feira 13, as paisagens surreais de A Hora do Pesadelo e o humor histérico de Uma Noite Alucinante em doses iguais e tornando a leitura mais agradável ao longo das seis edições que compõem a minissérie.

Não espere nada muito profundo do texto, que embora recheado de auto referências que beiram a metalinguagem (como quando Ash diz que não há razões para ser escolhido para ser o herói além de livrar-nos do monstro da semana, ou quando Ash é chamado de cópia de Elvis) se preocupa mais em mostrar o confronto entre os personagens. A arte regular de Jason Craig não incomoda mas não traz nada de novo, apenas mantendo a leitura fluindo bem.

Ao final, como em todo filme de horror, fica a margem para a continuação, que de fato ocorreu no ano seguinte, em 2009, com a minissérie Freddy vs. Jason vs. Ash: Nightmare Warriors, que continua exatamente de onde a primeira termina, com a mesma equipe criativa de volta para aquele último susto, ou não.

(Visited 241 times, 1 visits today)
Rodrigo Ramos

Rodrigo Ramos

Designer por formação e apaixonado por HQs e Cinema de Horror desde pequeno. Ao contrário do que parece ele é um sujeito normal... a não ser quando é Lua Cheia. Contato: rodrigoramos@bocadoinferno.com.br

10 comentários em “Freddy vs Jason vs Ash (2008)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien