Críticas

Estranhas Criaturas (1998)

Mesmo com alguns pontos negativos, Incident in Lake County funciona como filme e não incomoda como found footage!

Alien Abduction (1998)

Estranhas Criaturas
Original:Alien Abduction: Incident in Lake County
Ano:1998•País:EUA
Direção:Dean Alioto
Roteiro:Dean Alioto, Paul Chitlik
Produção:Dean Alioto, Paul Chitlik
Elenco:Benz Antoine, Kristian Ayre, Gillian Barber, Michael Buie, Emmanuelle Chriqui, Ingrid Kavelaars, Aaron Pearl, Dean Alioto, Gary Hetherington

Não é de hoje que diretores decidem regravar seus próprios filmes com a intenção de aprimorar o que foi visto na primeira versão. A lista não é pequena e abrange cineastas que estão começando a trilhar seus caminhos até importantes nomes do gênero, como o mestre Alfred Hitchcock, que dirigiu O Homem que Sabia Demais no ano de 1934 para depois regravar a obra em 1956. Ou Sam Raimi, que assinou o curta Within the Woods em 1978. A produção de 32 minutos foi expandida quatro anos depois para o formato de longa e deu origem ao clássico Evil Dead.

Ainda desconhecido do grande público, o norte-americano Dean Alioto está seguindo um caminho semelhante aos exemplos acima. Ele dirigiu o found footage The McPherson Tape em 1989 e nove anos depois lançou um remake da sua obra com um resultado mais satisfatório. A refilmagem, que também segue o formato found footage, tem o título de Alien Abduction: Incident in Lake County.

Alien Abduction (1998) (1)

Tanto The McPherson Tape como Incident in Lake County acompanham uma família reunida durante a noite. No caso do remake, trata-se de um jantar de ação de graças. De repente, eles são surpreendidos por uma forte luz que provoca um apagão na vizinhança. Curiosos, e munidos de uma câmera, três irmãos vão investigar o tal clarão e se deparam com uma objeto voador não identificado e alguns alienígenas. O problema é que os ETs percebem que estão sendo observados e vão atrás dos terráqueos.

Depois desta rápida introdução, a trama dos dois filmes se concentra em mostrar o drama da família em tentar escapar da invasão alienígena. A diferença entre os dois filmes é claramente estética. Apesar do primeiro ser de 1989, existe um excesso de imagens escuras o que dificulta até diferenciar ou reconhecer os personagens. Neste aspecto, Incident in Lake County é mais claro, embora tenhamos as cenas noturnas de pessoas correndo mas em menor quantidade.

Para o remake, o diretor Alioto incluiu entrevistas com pessoas que tecnicamente tiveram acesso ao material e estão presente no filme não apenas para opinarem quanto ao tema como também declararem se as imagens contidas na fita são verdadeiras ou falsas. Entre os entrevistados, temos um xerife, um diretor de cinema, uma antropóloga, um psicólogo, entre outros.

Alien Abduction (1998)

Outra diferença do remake para o original é referente aos aliens, que aparecem menos, porém aparentam ser mais letais possuindo inclusive armas de lazer. Além disso, a concepção dos ETs de The McPherson Tape é bastante precária. Ciente disto, o diretor decidiu mostrar menos os alienígenas na refilmagem e a decisão acabou dando certo.

Apesar dos acertos, Incident in Lake County sofre de alguns dos problemas tão comuns em filmes de found footage, como tentar encontrar uma razão para continuar filmando quando os personagens deveriam estar mais preocupados em se salvar. Alguns diálogos também são bem entediantes em situações desnecessárias e que não acrescentam em nada para a trama como por exemplo a briga de um dos membros da família com o namorada da irmã ou o caso da avó que é alcoólatra. Estes pontos tiram o foco da ação principal e, como consequência, tornam a obra menos eficiente.

Mesmo com estes pontos negativos, Incident in Lake County funciona como filme e não incomoda como found footage. É claro que não trata-se da melhor produção do estilo falso documentário, mas responde bem na comparação com outros títulos, inclusive com o próprio The McPherson Tape.

Leia também:

Filipe Falcão

Filipe Falcão

Jornalista com Mestrando em Comunicação. Fã de Cinema, mas com gosto especial para filmes de Terror. Para ele, o gênero vai muito além de sangue e morte. Contato: filipefalcao@bocadoinferno.com.br

10 Comentários

  1. carlos

    como faço para assistir

  2. Osvaldo

    Bom dia! A refilmagem é de que ano?

  3. Renan

    Gostaria de agradecer pela existencia do site, foi através dele que descobri este filme. Para mim que sou aficionado por ufologia é um filme indispensável.

    • Rodrigo Ramos Rodrigo Ramos

      Nós que agradecemos vocês, leitores, pela existência do site! 🙂

      Volte sempre, Renan!

  4. onde a gente clica para assistir o filme gostaria muito de ve-lo ok

  5. Pra quem gosta de filmes com alienígenas, esse é o filme! O original eu nunca achei em lugar algum, mas vale a pena ver o remake, suspense o tempo todo.

  6. Renato

    Armas de ‘laZer’? Really?

  7. Mk

    Eu achei legal(mesmo que em certos momentos a trama fica um pouco zzzz) não é “ótimo” mas é um bom suspense comparado as drogas que lançam hoje em dia.

  8. Por ser esse subgênero desgastado e repetitivo me incomoda e muito , tanto que não assisti ao original e também nem quero ver o remake principalmente por ser mínima as aparições dos alienígenas , isso é o que diz a crítica .

    • acredite, a qntdd de vezes q os alienigenas aparecem no remake é mais do q suficiente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *